VER-O-FATO: Volta Redonda x Remo - Fora do G4 pela 1ª vez, Leão busca reação em duelo direto

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Volta Redonda x Remo - Fora do G4 pela 1ª vez, Leão busca reação em duelo direto

Na primeiro turno, no Mangueirão, o Leão meteu 2 a 1 no Voltaço.  Hoje, é decisão

Com apenas uma vitória conquistada no segundo turno da Série C do Campeonato Brasileiro, o Remo deixou o G4 do Grupo B pela primeira vez ao ser derrotado por 2 a 0 para o Tombense, na última quinta-feira. Agora, a três rodadas do fim da fase de grupos, o time precisa reagir rápido, e terá uma boa oportunidade nesta sexta-feira, quando faz um duelo direto contra o Volta Redonda, a partir das 20 horas, no Raulino de Oliveira, pela 16ª rodada.


O Remo passou 15 rodadas dentro da zona de classificação, mas só não saiu antes por incompetência dos rivais que não aproveitaram as brechas. No segundo turno teve apenas uma vitória, acompanhada por quatro empates e uma derrota. Com isso, a equipe remista foi parar em quinto lugar com 22 pontos.

O reencontro com o G4 é certo no caso de uma vitória sobre o Volta Redonda, que aparece em terceiro lugar, com 23 pontos. Quando os dois times se enfrentaram no primeiro turno, o lado paraense levou a melhor com uma vitória por 2 a 1, no Mangueirão, em jogo válido pela sétima rodada.

As baixas

Para o confronto, o Volta Redonda não irá contar com os volantes Bileu e Gelson, que estão suspensos por conta do terceiro cartão amarelo. Por outro lado, Toninho Andrade terá o retorno de Wandinho, que cumpriu suspensão automática na rodada passada, e, principalmente do apoio da torcida tricolor.

“O fator casa precisa fazer a diferença. A missão não será fácil, mas se tivermos o torcedor ao nosso lado, entraremos em campo com uma grande vantagem.

Por isso, convido o torcedor a comparecer ao Raulino de Oliveira e jogar com a gente. Chegou a hora de jogarmos juntos”, disse Toninho.

Mistério no Leão

O técnico Márcio Fernandes optou por não divulgar a lista de relacionados para a partida, procedimento que nunca havia adotado até então. De qualquer maneira, é certo que o goleiro Vinícius, recuperado de lesão no pé direito e liberado pelo departamento médico está à disposição e confirmado no time titular.

Outra baixa será o versátil Djalma, que já foi utilizado na lateral e em mais de uma posição no meio de campo. Ele foi diagnosticado com pubalgia e precisará de cerca de 15 dias de tratamento. O lateral-direito Geovane, com uma entorse no joelho esquerdo, também não viajou. Já o meia Guilherme Garré é dúvida. Fonte: FutebolInterior.


Nenhum comentário:

Postar um comentário