VER-O-FATO: SARGENTO SILVANO - Vereador, em vídeo, pede perdão por rir e debochar da morte de "Gordo do Aurá"

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

SARGENTO SILVANO - Vereador, em vídeo, pede perdão por rir e debochar da morte de "Gordo do Aurá"


Quando Deivite Wener Galvão, o "Gordo do Aurá" foi assassinado com dezenas de tiros na avenida Pedro Miranda, em Belém, em fevereiro deste ano, uma voz - com imagem -, a do vereador Sargento Silvano, da reserva da PM, se levantou e viralizou nas redes sociais, comemorando a morte. Agora, Silvano grava outro vídeo, pedindo perdão aos familiares e amigos de "Gordo do Aurá" pelo que fez.
"Amigos e amigas, eu venho em público, neste momento, pedir perdão à família do Deivite Galvão, o Gordo do Aurá, que foi assassinado meses atrás aqui na capital paraense. Na época eu fiz um vídeo, achando graça, sorrindo e também me alegrando com a morte desse cidadão. Foi um ato impensado, um ato totalmente fora dos padrões de Deus e eu reconheço, hoje", afirma Sargento Silvano na gravação, feita ontem, domingo, dentro de um carro dele.

"O espírito de Deus colocou no meu coração para eu fazer esse vídeo", acrescenta ele, estendendo o pedido de perdão a "todos que se sentiram ofendidos"e "aos amigos que ainda sofrem com a perda deste jovem". 

Veja, acima, a íntegra do vídeo de Silvano em que ele confessa seu arrependimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário