VER-O-FATO: CADEIA DE ICOARACI - Frustrada tentativa de fuga no depósito de presos sem penas definidas: alô, justiça !

sábado, 3 de agosto de 2019

CADEIA DE ICOARACI - Frustrada tentativa de fuga no depósito de presos sem penas definidas: alô, justiça !

A situação se agrava a cada dia, com a superlotação de presos e indefinições judiciais


A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) informou que na madrugada deste sábado (03) houve uma tentativa de fuga de presos do Centro de Detenção Provisória de Icoaraci, que foi frustrada por homens do Batalhão de Polícia Penitenciária (BPOP).

De acordo com a Susipe, os internos tentaram escapar pelo solário, usando cordas artesanais, as conhecidas “teresas”, mas os policiais agiram a tempo e evitaram a fuga em massa. No momento, garante a Susipe, a unidade prisional está funcionando normalmente, com todos os procedimentos realizados, inclusive visitas.

Funcionando em condições precárias, segundo depoimentos de parentes de internos, o Centro de Detenção de Icoaraci, que mais se aproxima de um depósito de presos sem penas definidas pela justiça, tem histórico de superlotação, tentativas de fugas e rebeliões.

Ano passado, os presos fizeram motim e mantiveram três agentes penitenciários reféns. Os detentos reclamavam da superlotação na unidade.

Naquela ocasião, a Ronda Tática Metropolitana (Rotam) foi acionada para fazer as negociações. Os presos reclamavam da superlotação e fizeram um motim ao mesmo tempo em 12 celas dos três blocos da unidade. Duas celas ficaram quebradas.

“As condições são péssimas. A gente tem que vir trazer remédios, trazer água, o fedor é insuportável. Eles dão péssimas condições e o preso sai daqui revoltado”, afirmou um parente de detento.




Um comentário: