VER-O-FATO: SÉRIE C - Na volta ao Baenão, Leão dá susto, toma sufoco, mas empata no final com Luverdense: 2 a 2

sábado, 13 de julho de 2019

SÉRIE C - Na volta ao Baenão, Leão dá susto, toma sufoco, mas empata no final com Luverdense: 2 a 2

O jogador azulino agradeceu pela reação do time no final. Imagem da TV 

Na reinauguração do estádio Evandro Almeida, o Baenão, lotado pela massa azulina, o Remo marcou seu quinto jogo sem vitória, voltando a empatar no campeonato brasileiro da Série C, desta vez contra o Luverdense (MT), o lanterna da competição no grupo. O time de Mato Grosso chegou a fazer 2 a 0.


Os torcedores azulinos saíram frustrados do estádio, mas aliviados com o empate, pois a derrota se desenhou até o minuto final dos acréscimos, no segundo tempo.

O Luverdense começou a partida sem se intimidar com a força da torcida do Leão e partiu para cima, em jogadas rápidas. Foi assim que logo aos 10 minutos o placar já apontava 2 a 0 para o time de Lucas do Rio Verde (MT). O placar foi aberto aos 6 minutos. Em rápida jogada pela direita, a bola chegou aos pés de Anderson Ligeira, que chutou para o fundo das redes de Vinícius. 

Três minutos depois, aos 9, nova investida pela direita e Kauê novamente balançou a rede azulina, fazendo o segundo gol. Até os 20 minutos, o Luverdense comandou as ações, sobretudo pelas laterais, explorando a fragilidade do Remo, que não conseguia chegar com perigo ao ataque.

O time matogrossense, porém, recuou a partir dos 25 minutos, fazendo com que o Remo avançasse suas linhas e criasse perigo para a meta do goleiro Edson, que fez duas defesas que impediram o gol azulino.

A reação leonina

No segundo tempo, o Leão melhorou a marcação e passou a dominar as ações, sobretudo no meio-campo, com Eduardo Ramos, que municiava com mais qualidade o ataque no passe. Aos 31 minutos, após intensa pressão, Eduardo Ramos bateu escanteio no meio da área e o zagueiro Marcão cabeceou para dentro do gol. 2 a 1.

Com o Luverdense todo atrás, tentando garantir a vitória, o Leão continuou em cima, desperdiçando oportunidades. O tempo regulamentar esgotou-se e o juiz deu mais 6 minutos de acréscimo. Finalmente, no último minuto do jogo, Eduardo Ramos aproveita cruzamento de escanteio e mete a bola para dentro do gol, empatando.

Placar final: 2 a 2. O Remo, com o empate, soma 18 pontos e se mantém no G4 do Grupo B.




Nenhum comentário:

Postar um comentário