VER-O-FATO: PROFESSORES - Estácio de Sá recorre contra decisão do TRT que anulou demissões

quarta-feira, 31 de julho de 2019

PROFESSORES - Estácio de Sá recorre contra decisão do TRT que anulou demissões

A propósito de decisão da 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8), que na semana passada determinou que a Sociedade de Ensino Superior Estácio de Sá, a Irep Sociedade de Ensino Superior, Médio e Fundamental, a Organização Paraense Educacional e de Empreendimentos e a Faculdades Integradas de Castanhal anulem a demissão de 90 professores, dispensados em dezembro de 2017, após a entrada em vigência da lei que promoveu a chamada reforma trabalhista, a Faculdade Estácio de Sá enviou ao Ver-o-Fato a seguinte nota, para informar que recorreu contra a sentença:

"Em relação à decisão proferida em 23 de julho de 2019, pela 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, na qual determinou a reintegração dos professores do estado do Pará dispensados em 2017, a instituição esclarece que não se trata de uma decisão judicial definitiva do processo movido pelo Sindicato dos Professores do Estado do Pará. 

Conforme permite os autos, a Estácio já adotou as providências jurídicas julgadas pertinentes para este caso".

Nenhum comentário:

Postar um comentário