VER-O-FATO: PINTURA - Vilma Veloso apresenta as fases da vitória-régia em coleção

quinta-feira, 4 de julho de 2019

PINTURA - Vilma Veloso apresenta as fases da vitória-régia em coleção



A artista plástica Vilma Macedo Veloso se inspirou na beleza da vitória-régia para criar a coleção "Vitória", que reúne 10 obras em acrílica sobre tela. A produção deságua o talento de uma autora que levou mais de 50 anos para assumir publicamente a própria natureza artística. A vernissage acontece nesta quinta-feira, 04, na Chevallier Eventos, à  28 de Setembro, 1169, entre Doca e Quintino, no bairro do Reduto.

Entre os dias 15 e 31 deste mês, a obra de Vilma ficará em exposição no Espaço Cultural do Aeroporto Internacional de Belém. Tanto o evento desta quinta-feira, de 15 às 18 horas, como o do aeroporto, são abertos ao público e com entrada franca. A curadoria é de Edivaniê D' Lucas.

Hoje, aos 67 anos de idade, Vilma Macedo Veloso, baiana radicada no Pará há cerca de 50 anos, presenteia o público com a coleção figurativa que reúne profunda delicadeza e impressionante realismo na leitura dessa belíssima espécie da flora amazônica em seu ambiente natural. 

"O foco inicial dela era explorar os vários tons de verde. O trabalho dela se diferencia muito do trabalho contemporâneo, sendo mais perfeccionista. É um trabalho bem intuitivo com formas bem elaboradas e construídas", descreve o curador. "Em todas as obras, ela tentou passar pelas fases da flor em botão, desabrochando, aberta e com as pétalas caindo, inclusive, a vitória-régia sem flor, sob a luz do dia e sob o luar". 

D'Lucas é professor de artes plásticas com cursos realizados na Áustria, Alemanha e França e exposições no Museu de Marinha, Hangar, Aeroporto de Belém e Estação das Docas e participação no Cowparade, entre outros.

A natureza é a força motriz da inspiração de Vilma, que mergulha no elemento da água para imprimir reflexos, gotas e movimento em suas telas. Nos pincéis da artista as flores ganham vigor e as folhas ganham brilho, o que levam a público a afirmar que ela pinta em 3D. 

"A exuberância da vitória-régia me inspira. A relação desse vegetal com a água me encanta. A água é o elemento com o qual me identifico, pois traz a serenidade e clareza. Adoro chuva, cheiro de terra molhada, essa intensa umidade amazônica... tudo relacionado à água me atrai", descreve. 

Vilma se prepara para expor a coleção numa galeria de Montreal, no Canadá, no próximo mês de setembro.

Vilma Veloso fará exposição no Canadá, em setembro

Perfil - Formada em Farmácia e Bioquímica, Vilma não exerceu essas profissões, mas dividiu a administração da empresa familiar com a rotina de esposa, mãe e dona de casa. Ao longo da vida, exerceu a pintura eventualmente. No ano 2000, ela fez algumas obras em óleo sobre tela, mas não deu sequência ao trabalho, conseguindo lançar a primeira coleção "Telas e Velas", há cerca de dez anos.

"A arte é um vírus inoculado na minha essência desde a infância", descreve a artista. "Essa exposição marca uma nova fase de aceitação da arte na minha vida". "Vitória" é resultado da busca de Vilma pelo autoconhecimento, por meio do qual conseguiu superar os bloqueios que a impediam de vivenciar a pintura. "Descobri que a arte traz realização, aceitação, entusiasmo e brilho na alma", afirma.

Vitória - Nesta coleção, ela traz na obra "Na Sombra do Miriti" uma visão em profundidade de um furo margeado de vegetação e iluminado pelo luar, que convida o observador a mergulhar naquele cenário amazônico. Na tela que dá o nome à exposição, a flor branca da vitória-régia desponta em primeiro plano entre as folhas que flutuam sobre a água, em exuberante riqueza de detalhes. 

Já na obra "Acolhimento", Vilma apresenta a dupla perspectiva dessa planta aquática dentro e fora d'água, numa visão lateral que expõe o contraste da beleza superficial à rudeza das raízes. E em "Encontro", a artista expande em obra díptica (sequência de duas telas numa única obra) as faces superior e posterior da vitória-régia, também marcadas de contrastes em diferentes aspecto e cores. Texto: Enize Vidigal.

Serviço:
Vernissage "Vitória", de Vilma Macedo Veloso
DIA: quinta-feira, 04/07
HORA: das 15 às 18 horas
LOCAL: Chevallier Eventos (Rua 28 de Setembro, 1169, entre Av. Doca de Souza Franco e Tv Quintino Bocaiúva, Reduto).




Um comentário: