VER-O-FATO: CONVERSAS HAKEADAS - Chefe do MPF do Pará aparece em diálogos: "por enquanto, não falo", diz Alan Mansur

segunda-feira, 1 de julho de 2019

CONVERSAS HAKEADAS - Chefe do MPF do Pará aparece em diálogos: "por enquanto, não falo", diz Alan Mansur

Os vazamentos criminosos de conversas entre procuradores da Lava Jato e o então juiz Sérgio Moro - esquema que integra parceria de um hacker com o Intercept Brasil, de Gleen Greenwald -, chegaram ao Pará. E o nome que aparece é o do procurador-chefe da República por aqui, Alan Mansur. 

É claro que, dependendo do verniz político-ideológico, tais conversas, obtidas de forma ilegal, adquirem maior ou menor grau de importância.

Em um contexto mais sereno e sem passionalismo, porém, o que se observa nessas conversas são diálogos que não comprometem a credibilidade das  autoridades envolvidas numa investigação do porte da  Lava Jato. 

Afinal, trata-se da maior operação já realizada no país para colocar na cadeia corruptos e ladrões que, no poder, saquearam os cofres públicos do país com apetite e despudor jamais vistos em qualquer época.  E o objetivo dos vazamentos, está claro, é acabar com a Lava Jato e soltar os corruptos.  

Veja, abaixo, as conversas nas quais aparece o nome de Alan Mansur, que procurado pelo Ver-o-Fato assim se manifestou: "Estou começando as férias, hoje. De qualquer forma, não vou falar por enquanto sobre este assunto. Quando for falar algo, te informo".


28 de outubro de 2018 – grupo BD
Alan Mansur PRPA – 20:21:05 – Esposa de Moro comemorando a vitória de Bolso nas redes
José Robalinho Cavalcanti – 20:21:29 – Erro crasso.
José Robalinho Cavalcanti – 20:22:09 – Compromete moro. E muito
Janice Agostinho Barreto Ascari – 20:25:30 – Moro já cumprimentou o eleito. Como perde a chance de ficar de boa, pqp
Luiz Fernando Lessa – 20:25:56 – esse povo do interior
Luiz Fernando Lessa – 20:26:02 – é muito simplório


Alan Mansur – 10:57:25 – GloboNews diz que Moro aceitou e fará uma nota daqui a pouco
Monique Cheker – 11:00:03 – Pessoal da AGU surtando…
Monique Cheker – 11:00:03 – “@onyxlorenzoni Deputado. A AGU é função essencial à Justiça prevista na CF. Não precisa ser vinculada a nenhum ministério. @jairbolsonaro”
Monique Cheker – 11:00:03 – TT que estão espalhando 
Ângelo Augusto Costa – 11:00:39 – De alegria, né?
Ângelo Augusto Costa – 11:00:51 – Próximo passo eh lista tríplice
Alan Mansur – 11:00:56 – Tem toda a técnica e conhecimento para ser um excelente ministro da Justiça. E tentar colocar em prática tudo que ele acredita. Porém, o fato de ter aceitado, neste momento, entrar na política e desta forma, é muito ruim pra imagem de imparcialidade do sistema de justiça e MP em geral.
Alan Mansur – 11:01:59 – Será ainda mais marcado por parcialidade. E sempre ficará o comentário, Moro fez tudo isso para assumir o poder.
Alan Mansur – 11:02:46 – Pelo lado da técnica, ele será um excelente Ministro e acho que vai ajudar em muito a organização do sistema. Mas teremos que lidar com esta crítica constante


OBS: Após surgirem dúvidas sobre a autenticidade do material, críticas e acusações de manipulação, inclusive incorrendo em erros de nomes de pessoas, datas e situações fora de contexto, o site Intercept fez apenas as seguintes observações:

"Devido a um erro de digitação, marcamos uma conversa do grupo BD como se ele tivesse ocorrido em 1º de novembro de 2019, quando, na verdade, a data era 1º de novembro de 2018. Isso já foi corrigido.

Correção: 29 de junho de 2019, 10h30

A primeira versão desse texto indicava que a procuradora Monique Checker atua no Ministério Público Federal em Barueri e Osasco, São Paulo. Na verdade, ela trabalha no Ministério Público Federal de Petrópolis, RJ. Isso já foi corrigido".



12 comentários:

  1. Está aí a maior prova que realmente houve fraude no julgamento do ex presidente Lula,o procurador já confirmou que realmente existiu essas conversas.E agora,quero ver se o STF vai se acorvadar e não cancele o processo do Molo, contra nosso ex presidente Lula.
    Esse site The Intercept, está de parabéns revelando todo esse circo armado pelo Molo e apoiado pelo presidente Bozo!
    Lula livre!

    ResponderExcluir
  2. Kkkk quanta infantilidade desses esquerdinhas...

    ResponderExcluir
  3. Mais cuidado , Carlos, para não te ajuntares aos arautos do ataque à imparcialidade do poder judiciário.Todos temos direito a um julgamento justo (permita-me a redundância ).Inclusive Lula e seus companheiros que assaltaram a Petrobrás.Vamos esperar a publicidade de todas essas conversas, para tirarmos qualquer conclusão. Me diga:estamos ou não em um estado democrático de direito? O devido processo legal é uma instituição basilar da democracia.Se foi vilipendiado, paciência,que se anulem os julgamentos e que Lula e seus comparsas sejam julgados novamente.Tenha mais calma , por favor.

    ResponderExcluir
  4. Caro Rafael, está cada vez mais nítida a manipulação dessas conversas obtidas à margem da legislação brasileira. Os arautos de que falas não me influenciam e nem alcançam. Fique tranquilo.

    ResponderExcluir
  5. Manipulação de conversas?Como , blogueiro!Se o próprio procurador chefe do MPF, Alan Mansur, já disse ser verdadeira as mensagens?O único arauto de que tu falas deve ser de vocês mesmos apoiadores do presidente facista e do juizeco facista de Maringá, aliás todos seus eleitores já desconfiavam disso.
    E você acha que no atual governo chefiado por um presidente facista rodeado de milicianos, e o chefe da PF é o próprio investigado, tu achas mesmo que essas mensagens poderiam ser obtidos de forma legal?Que País atualmente tu moras?

    ResponderExcluir
  6. Caro jornalista Carlos, quem tem a convicção de quem foi um haker que invadiu as conversas do Moro e procuradores ? Alguém já se perguntou que a fonte estaria dentro do próprio grupo do MPF ? É mais plausível diante das falas pontuais que vem sendo publicadas. Se a minha fonte participa de um grupo restrito, ela é capaz de guardar todas as postagens e depois me fornece para aniquilar ou no mínimo jogar merda no ventilador .

    ResponderExcluir
  7. É o famoso jeitinho brasileiro sendo revelado como prerrogativa da corrupta elite.

    ResponderExcluir
  8. Essas mensagens nunca embasarão um soltura do Lula, tendo em vista a forma como foram obtidas. O Site IntercePT caiu em desgraça por dois erros: obter produto ilícito e adulterar o ilícito. Kkk

    ResponderExcluir
  9. "Jornalista que vaza não comete crime". Deltan Dallagnol, Procurador da República.

    ResponderExcluir
  10. Isso é tão simples de ser provado dizem que alguns procuradores ainda possuem as mensagens em seus telefones, basta que eles entreguem os seus celulares a uma perícia que seja imparcial,se que isso existe, pronto desmoronasse a mentira, veríamos quem fala a verdade certo?

    ResponderExcluir
  11. Jornalista só comete crime se vaza contra ele

    ResponderExcluir