VER-O-FATO: CASO DOS ÁUDIOS - "O ex-prefeito é um delirante e citou meu nome porque advoguei contra ele", afirma Sábato Rosseti

quarta-feira, 17 de julho de 2019

CASO DOS ÁUDIOS - "O ex-prefeito é um delirante e citou meu nome porque advoguei contra ele", afirma Sábato Rosseti

Rossetti diz na nota que está tomando "medidas judiciais" contra Adamor Aires 

O Ver-o-Fato recebeu neste final de manhã de quarta-feira,17, a seguinte "Nota de Esclarecimento" do advogado Sábato Rossetti, cujo nome é citado em gravações feitas pelo ex-prefeito de Santa Luzia do Pará sobre suposto pagamento de propina a juízes do Tribunal de Justiça do Pará: eis a nota, na íntegra:

"Ao tomar conhecimento no último final de semana do áudio gravado pelo próprio ex-Prefeito de Santa Luzia, Adamor Aires, revelando sua conduta delirante ao citar meu nome, desbordando sua ira e seu desatino por eu ter sido o advogado contra ele e ter, como revelado por ele no áudio, “atrapalhado suas ações", mas atuei contra ele, em pleno exercício da advocacia, (art.133 da CF) no interesse da COLIGAÇÃO UNIDOS POR SANTA LUZIA que após regular processo em 1º grau, seu mandato de Prefeito foi cassado, por prática de corrupção eleitoral e por compra de votos nas eleições (2012). 

Do áudio, confesso a minha extrema indignação e repudio veementemente pela citação de meu nome pelo ex-alcaide, o qual meu nome é utilizado em vão com o fito de ilustrar suas tratativas espúrias em busca de voltar ao cargo a qualquer preço e ao arrepio da lei e da legalidade, como voltou. 


Logo na segunda feira (15.07.2019), procurei o Ministério Público Federal, MPF e em seguida o MPE, onde apresentei representação criminal para que seja apurada essa trama confessada pelo ex-gestor de Santa Luzia do Pará, responsabilizando-o cível e criminalmente por todos esses delitos claramente comprovados, e repita-se por ele mesmo confessado. 

Além disso, adotei outras medidas judiciais pela sua conduta infamante. E hoje, Na sessão do Pleno do TJE, na parte administrativa, o MP comunicou que já instaurou Processo de Investigação Criminal para apurar esses fatos, com a comunicação ao Corregedor Nacional de Justiça - CNJ, e Corregedoria do TJ/PA, esclarecendo aos Magistrados que em breve será distribuído no TJ medidas judiciais na esfera criminal. 

Aproveito para agradecer as diversas manifestações de solidariedade, respeito e reconhecimento de minha trajetória recebidas de membros do Judiciário, Ministério Público, familiares, amigos, clientes, colegas da advocacia e do esporte. 

Sábato G M Rossetti, Advogado".



Um comentário: