VER-O-FATO: PONTE DO MOJU - Em nota, Marinha diz que não foi notificada pelo MPF

quarta-feira, 12 de junho de 2019

PONTE DO MOJU - Em nota, Marinha diz que não foi notificada pelo MPF



A Marinha do Brasil, a qual a Capitania dos Portos no Pará é subordinada, enviou ao Ver-o-Fato a seguinte nota de esclarecimento:

"Em relação à reportagem divulgada pelo portal de notícias “Ver-o-Fato”, no dia 5 de junho de 2019, sobre “Ponte do Moju - Agentes da Capitania dos Portos são denunciados ao MPF por agressão contra idoso”, a Marinha do Brasil (MB) esclarece que não foi notificada pelo Ministério Público Federal no Pará sobre a suposta denúncia citada na matéria. 

A MB ressalta que seus militares têm o compromisso de agir com ética profissional e moral e não tolera ações violentas e desrespeitosas. 

A MB informa que desde o acidente ocorrido com a Ponte do Moju, uma equipe da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (CPAOR) está presente no local para garantir a segurança da navegação, pois há uma área restrita para passagem de embarcações. 

Ressaltamos que a CPAOR está acessível, 24 horas por dia, para atender qualquer chamado ou demandas por meio do Disque Emergências Marítimas e Fluviais: 185, (91) 3218-3950 ou (91) 99114-9187 (aplicativo de mensagem instantânea)."



-->

Um comentário:

  1. Carlos Mendes, gostaria de saber: Já tiraram os destroços da ponte que está no rio? Já começaram as cravações das estacas? Acabaram as filas de 10 horas das carretas para atravessar nas balsas? A ponte será mesmo concluída em seis meses contados a partir da data da queda da ponte, conforme promessa do governador? Perguntas que a imprensa não responde mas que com certeza seu blog pode esclarecer.

    ResponderExcluir