VER-O-FATO: GORDURA NO TCE - Direção vai passar a faca em cargos e salários

sábado, 29 de junho de 2019

GORDURA NO TCE - Direção vai passar a faca em cargos e salários

Quem ganha mais vai perder. E quem ganha menos, como fica? Com a palavra, o TCE

A situação anda feia no Tribunal de Contas do Estado (TCE). E a chiadeira, é óbvio, já se manifesta pelos corredores do órgão. Tudo porque está a caminho uma revisão, para baixo, de cargos e salários.

O relator da matéria é o conselheiro Cipriano Sabino, que ainda está na fase de coleta de sugestões, ouvindo as queixas dos que serão afetados. A redução de salários, segundo uma fonte, deve atingir todas as diretorias do TCE.

Ninguém estará a salvo, seja titular do cargo ou adjunto. Além disso, haverá mexida no bolso de técnicos de outras áreas. De quebra, não está descartada a extinção de alguns cargos.
A justificativa é de ajuste nas finanças internas para que o Tribunal possa honrar seus compromissos com fornecedores e manter as próprias despesas. 

O problema no TCE, como em outros órgãos públicos, é que uns trabalham mais do que outros, embora o cargo seja o mesmo. Na hora do pagamento, porém, o salário é igual. 

Sobra sempre, nessas horas de cortes, o medo de injustiça.





6 comentários:

  1. Tá com medo que algum parente seu seja desligado, né?

    ResponderExcluir
  2. E so diminuir cargos em comussao e acabar com nepotismo cruzado.

    ResponderExcluir
  3. Pela lei 5810, os primeiros cargos ocupados a serem extintos têm que ser os comissionados. Se há um projeto de lei do Cons Cipriano reduzindo cargos efetivos esses não devem estar ocupados.
    O ideal mesmo seria acabar com comissionados e oferecer função gratificada a servidores de carreira

    ResponderExcluir
  4. Cargos públicos sem vínculo,ou seja, com indicação política, deveriam ser extintos.

    ResponderExcluir
  5. Tribunais de Contas de Estados e Municípios, são excrescências.Orgãos inúteis que custam uma fortuna aos contribuintes. Representam um retrato do nosso atraso institucional .

    ResponderExcluir
  6. quem acha que esses "cortes" atingirão os costas-largas, os apaniguados? eheheheh...

    ResponderExcluir