VER-O-FATO: INTOLERÁVEL - Milícia ataca no bairro do Guamá nesta tarde de domingo e faz 11 mortos

domingo, 19 de maio de 2019

INTOLERÁVEL - Milícia ataca no bairro do Guamá nesta tarde de domingo e faz 11 mortos

Logo após a chacina, dezenas de viaturas policiais chegaram ao local da tragédia
Elas voltaram a atacar e a manchar de sangue, muito sangue, a já abalada segurança pública do Pará: de acordo com informações de testemunhas, que preferiram não se identificar, homens encapuzados em veículos chegaram em um bar localizado na Passagem Jambu, no bairro do Guamá, o mais populoso de Belém, executando friamente 11 pessoas, a maioria com tiros na cabeça. Dentre os 11 mortos, seis mulheres.

Ainda há, contudo, divergências sobre o número de vítimas. No local, durante as execuções, ouviam-se muitos gritos e correria pela rua. Pessoas trancavam-se dentro de suas residências, temendo ser também vítimas dos tiros. 

O bar estava lotado e na hora dos tiros muitos frequentadores correram para os fundos do estabelecimento, enquanto alguns pulavam quintais da vizinhança para escapar da fuzilaria. 

Um clima de terror e medo ainda domina o local, mesmo depois da chegada da polícia e de homens do Instituto Médico Legal, para recolher os corpos. 

O ataque daquilo que as testemunhas dizem ser de milicianos representa o desafio mais cruel ao governo e à segurança pública, que conta hoje no Pará com reforço da Força Nacional. 


A dona do bar que seria conhecida como Wanda estaria entre os mortos, segundo informações da página Boletim de Ocorrências do Pará, no Facebook. Outra informação diz que ela não teria morrido, mas apenas ferida com gravidade e levada para um hospital.

Um vídeo sanguinolento foi enviado para o Ver-o-Fato, mas em respeito aos nossos leitores não iremos exibi-lo. As cenas são chocantes e nem vale a pena descrevê-las.

Em sua página nas redes sociais, o vereador Sargento Silvano criticou o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil, dizendo que ele não investiga as facções criminosas que atuam no Estado. Silvano fez  o seguinte apelo ao governador Helder Barbalho: "governador, está na hora de trocar os cabeças desse núcleo e fazer uma renovação, senão eles vão acabar com o seu governo".

Aguarde novas informações.

5 comentários:

  1. Sargento Silvano, o que tem foto com o miliciano Cabo Leno, cobrando explicações e providências. O buraco é muito fundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buraco fundo é o mundo do tráfico e das facções criminosas que esse povo entra.Pensando em ganhar dinheiro fácil,roubam e matam para receber homenagens dos chefões!

      Excluir
  2. Se houver indícios de participação de militares nesse grupo de extermínio era bom o governo do estado pedir o apoio da promotoria militar

    ResponderExcluir
  3. Já descobriram ps autores?? Que rapidez!

    ResponderExcluir
  4. Qual a razão de usar capuz ? A resposta,é obvia demais !

    ResponderExcluir