VER-O-FATO: Sindicato dos jornalistas repudia intimidação e calúnias do prefeito de Tailândia contra repórter

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Sindicato dos jornalistas repudia intimidação e calúnias do prefeito de Tailândia contra repórter

Prefeito Paulo Jasper baixou o nível em Tailândia
Em nota enviada ao Ver-o-Fato, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Pará (Sinjor-Pa) criticou a intimidação, constrangimento e calúnia praticadas pelo prefeito do município de Tailândia, Paulo Jasper, o "Macarrão", contra o repórter do Tailândia News Brasil Mídia Digital, Taciano Cassimiro. Veja a íntegra da nota, abaixo:


"O Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-Pa) vem a público repudiar a ação do prefeito de Tailândia, Paulo Jasper, que por ocasião de coletiva de imprensa realizada no Fórum Eleitoral do município, no último dia 1º de abril, intimidou, constrangeu e caluniou o jornalista Tarciano de Lima Cassimiro, repórter do Tailândia News Brasil Mídia Digital. 


Diante da violência e censura sofridas; diante do impedimento do exercício da função, diante a falta de ética e do abuso de poder, e por fim, diante do autoritarismo por conta do cargo, o Sinjor-Pa - que prima pela ética no exercício da função, pela liberdade de expressão, pelo respeito às pessoas e as autoridades, pela independência quanto à divulgação dos fatos de interesse público e pelo dever de informar, a missão do jornalista -, reitera o seu repudio à violência sofrida pelo jornalista, especialmente pela mesma ter como autor a maior autoridade do Executivo municipal.

O Sinjor-Pa considera inadmissível que tais arbitrariedades ainda ocorram no Pará, em tempos em que o respeito aos profissionais de imprensa, e a garantia do exercício da função são direitos legítimos e democráticos. 

Dessa forma, além de tornar público o desagravo ao jornalista, o Sinjor-Pa encaminhará relatório ao Observatório da Violência da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj), para que o caso seja apurado e computado entre os demais fatos dessa natureza que, infelizmente, irão contribuir para o aumento das estatísticas acerca da violência sofrida pelos jornalistas no exercício da profissão. 

Informamos que a diretoria do Sinjor estará acompanhando o desenrolar dos fatos no município de Tailândia, onde o jornalista Tarciano CassImiro já registrou Boletim de Ocorrência (BO) contra o prefeito".



Nenhum comentário:

Postar um comentário