VER-O-FATO: Deputados federais fazem inspeção amanhã no lixão criminoso de Marituba; e a fedentina continua

quinta-feira, 11 de abril de 2019

Deputados federais fazem inspeção amanhã no lixão criminoso de Marituba; e a fedentina continua

O povão de Marituba anda de saco cheio com a omissão reiterada das autoridades

Não se sabe no que vai dar de positivo - porque de negativo, na prática, a população de Marituba já esgotou sua cota de sofrimento -, mas nesta sexta-feira,12, uma comissão de deputados federais, todos, aliás, do Pará, estará no envenenado município a 20 km de Belém para ver o que a cabeça não consegue compreender: a permanência do lixão da Revita, o único em atividade em toda a região metropolitana. No local, o cenário é de desolação.


O "presente de grego" foi uma invenção infeliz dos prefeitos de Belém, Ananindeua e Marituba, que pensaram em tudo, menos na saúde da população e no meio ambiente. Eles não sabem como explicar ou se livrar do caos que provocaram ao trazer a empresa baiana para Marituba. A Revita já anunciou que no final de maio irá embora, deixando para trás um crime social e ambiental em conluio com quem deveria impedir isso, inclusive o Ministério Público.


Como será a visita

A Comissão Externa da Câmara de Deputados, que estará amanhã pela manhã em Marituba, foi criada a pedido do deputado federal Edmilson Rodrigues (Psol) para acompanhar a crise socioambiental na região metropolitana de Belém agravada com o anúncio de encerramento das atividades do aterro sanitário de Marituba.

Na agenda da comissão - que é coordenada por Edmilson - estão visitas ao aterro administrado pela Revita, reunião com a comunidade, reunião técnica com órgãos envolvidos na solução do problema e um pedido de audiência com o governador Helder Barbalho.

"A criação da comissão externa se fez necessária para intermediar e promover um diálogo entre os entes públicos, a empresa Guamá Tratamento de Resíduos Ltda e a sociedade civil organizada", explica Edmilson sobre a comissão de deputados instituída pelo presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, atendendo a pedido do psolista, no último dia 20 de março.

"O objetivo é buscar uma solução para evitar mais prejuízos socioambientais decorrentes da paralisação do recebimento dos resíduos sólidos pelo empreendimento. Queremos resguardar o interesse público e o bem estar social através de um meio ambiente sustentável e equilibrado."

Integram a comissão os deputados: Edmilson Rodrigues, Airton Faleiro (PT/PA), Beto Faro (PT/PA), Cássio Andrade (PSB/PA), Vavá Martins (PRB/PA), Éder Mauro (PSD/PA), Elcione Barbalho (MDB/PA), Eduardo Costa (PTB/PA) e Celso Sabino (PSDB/PA). Ainda, estão previstos para acompanhar a comissão o prefeito de Marituba, Mário Filho; as deputadas estaduais Marinor Brito (PSOL) e Michele Begot (PSD).

Também integram a comitiva os vereadores de Belém Nazaré Lima (PSOL), Fernando Carneiro (PSOL) e Toré Lima (PRB); os vereadores de Ananindeua Robson Barbosa (PDT), Sérgio Rato (PSDB) e Babalu (PSB); vereadores de Marituba Manoelzinho Rocha (PDT), Allan Bestero (PSD) e Hélder Brito (PR); a promotora de justiça de Marituba Ana Maria Magalhães; além de representantes das Prefeituras de Belém e Ananindeua; da cooperativa de catadores; do Quilombo do Abacatal e do Fórum Permanente Fora Lixão de Marituba.

Gente interessada no problema, como se vê, não falta. O que falta é uma solução definitiva, inadiável, para esse crime de lesa-humanidade e de estupro do direito humano à vida e à saúde.

Confira a agenda:

8h às 9h – Visita técnica ao aterro sanitário de Marituba localizado na BR 155, 6959, Marituba, com acesso pela Alça Viária. Pponto de encontro em frente ao portão do empreendimento.

9h às 10h30 – Visita à comunidade Comunidade Sagrada Família, no bairro Uriboca Velho (em frente à Associação de Agricultores do Uriboca Abacatal, com acesso pela Estrada do Uriboca).

11h às 13h – Reunião técnica na Câmara Municipal de Marituba (Av. João Paulo II, s/n - Bairro Dom Aristides)

*É possível a mudança de horário de algum compromisso em razão do possível agendamento de audiência com o governador.



Nenhum comentário:

Postar um comentário