VER-O-FATO: Alepa promoveu ações de saúde e na segunda-feira faz debates sobre violência contra a mulher

sexta-feira, 8 de março de 2019

Alepa promoveu ações de saúde e na segunda-feira faz debates sobre violência contra a mulher

Várias ações deram início na Alepa às comemorações pelo Dia Internacional da Mulher 


Ações de saúde, palestras e proposições parlamentares sobre feminicídio, além de outros debates para discutir políticas públicas direcionadas à mulher. Foi assim que a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) começou o dia, iniciando uma programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher que deve se estender até a próxima sexta-feira, 15. 

O Departamento de Bem Estar Social (DBES) do Poder Legislativo, por exemplo, realizou uma "blitz de saúde", com ofertas de serviços gratuitos de verificação de pressão arterial e glicemia. Além de orientação nutricional, foi também realizada uma roda de conversa sobre saúde física, mental e higiene bucal. A  equipe multiprofissional do setor esteve à frente da programa, que foi das 9 às 14 horas. Quem não pode participar terá ainda a oportunidade de receber o atendimento na próxima segunda-feira, no mesmo horário e local. 

Para a diretora do DBES, a psicóloga Karla Lobato, o evento representa a valorização dos servidores e o início de um novo momento para o setor e para o Legislativo Paraense. “A expectativa é valorizar os servidores e, em especial, as mulheres que trabalham neste Poder Legislativo e que na correria não possuem muito tempo para cuidar melhor da saúde. Esse é um novo momento que queremos resgatar com a consciência da importância de cuidados femininos na sociedade”, explicou Karla. 

Entre outras programações, os servidores e visitantes tiveram a oportunidade de conferir a exposição de artesanatos feitos para o Feart - Festival de Artes e Literatura da Alepa. O objetivo é valorizar o talento e os trabalhos do artista funcionário que existe no Parlamento. O Feart ocorrerá na segunda-feira, de 9 às 14 horas, no hall de entrada da Alepa. Produtos como bordado, crochê, quadros, bolsas, materiais em madeira e artigos de cama, mesa e banho, todos trabalhados manualmente, são algumas opções que o público poderá apreciar ou comprar para uso próprio ou presentear alguém especial. 

De acordo a secretária Legislativa, Rebeca Hesketh, o espaço é uma oportunidade de valorização e de renda extra. “Este é um espaço importante onde nós valorizamos o potencial de talentos dos servidores. O objetivo é mostrar as habilidades dos funcionários e dar oportunidade para que tenham uma renda extra, além de ajudar aos aposentados a descobrirem seus talentos”, reiterou.

Debates - Para discutir a condição feminina e alternativas para coibir os altos índices de violência contra a mulher e o feminicídio de forma propositiva, uma Sessão Especial será realizada na próxima segunda-feira, no auditório João Batista às 9 horas. A proposição atende ao requerimento da deputada Dilvanda Faro e do deputado Carlos Bordalo. 

No próximo dia 15, está programada uma Audiência Pública solicitada pela deputada professora Nilse Pinheiro para debater o enfrentamento à violência contra a mulher. O evento ocorrerá no auditório João Batista, no horário de 9 às 14 horas e será aberto ao público que tenha interesse pelo assunto. 

Serviços 

DEBS - O Departamento de Bem Estar Social (Debs) possui profissionais com especialidades nas áreas de enfermaria, odontologia, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia, assistência social, psicologia, otorrino, clínica médica, dermatologia, pneumologia e gastroenterologia. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas, sempre voltado aos servidores e, de acordo com a disponibilidade de profissionais, os serviços também são ofertados à comunidade. 

FEART - Criado em 1994, o Feart promove encontros, cursos, oficinas e concursos em áreas como música, dança, artesanato, artes plásticas e literatura. A finalidade é atender os servidores do Parlamento Estadual e ex-funcionários aposentados para garantir renda extra e ajudar a desenvolver talento na área artística para servir de terapia. Também atende aos familiares de servidores que tenham interesse em aprender técnicas de artesanato.  (Texto de Mara Barcelos, da  Assessoria de Imprensa e Divulgação.)

Visite o site da ALEPA em:
alepa.pa.gov.br



Nenhum comentário:

Postar um comentário