VER-O-FATO: Um pedido desesperado de socorro ao governador Helder Barbalho

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Um pedido desesperado de socorro ao governador Helder Barbalho

Sol Freitas: humilhada há 15 dias

Simone Freitas, a "Sol Freitas", faz um apelo dramático às autoridades responsáveis pela saúde pública do Pará. Na página dela no Facebook https://www.facebook.com/sol.freitas.3348, foi postado o seguinte texto, que o Ver-o-Fato reproduz para que sensibilize quem tem poder de decisão. Eis o texto, na íntegra: 


"Caros amigos que ao longo do meu tratamento estiveram comigo em todos os sentidos com o único intuíto de me encentivar, solidarizar e me ajudar de alguma forma. Hj eu vim relatar tudo o que está acontecendo com relação a minha saúde e o descaso da saúde pública deste estado.

Em dezembro eu comecei a sentir umas dores na costa, dores estas que me levaram a procurar a urgência do Ofhir Loyola a famosa UAI (Unidade de Atendimento Intensivo) desde então eles começaram a passar remédio pra dor, tramal, homeprazol, dipirona e buscopan, bem, fazia a medicação e voltava pra casa só com a dor aliviada não passava.
E o tempo foi passando e nunca investigaram o que eu tinha de fato embora eu seja uma paciente oncológica e cadastrada no hospital Ofhir Loyola em tratamento, precisamente no dia 24 de janeiro ,onde eu e minha família junto com alguns amigos vimos que de fato isso não estava certo pedimos uma providência a ser tomada do Hospital.

Foi ai que me passaram exame de sangue e uma raiografia do torax que deu normal tudo, e marcaram uma consulta extra com a minha mastologista e o oncologista, por conta própria fizemos uma ultrasom pra saber o motivo pelo qual a minha parte abdominal cresceu absurdamente, o resultado da ultrasom apareceu pedra na vesícula e um nódulo no fígado a investigar.

Levamos este resultado para os médicos e eles pediram que eu procurasse o hospital Jean Bittar para resolver a pedra na vesícula ou que eu fosse direto para o pronto Socorro da 14 para que eu fosse atendida de urgência e assim pudesse realizar a cirurgia da vesícula, mas um quadro começou a aparecer eu passei a ter dificilcudade para andar e isso aumentava as dores na minha coluna.

Demos entrada no Pronto Socorro da 14 dia 04/01 logo que chegamos e fomos atendidos pelo médico de plantão e ele nos disse que não poderia resolver meu caso pelo fato de ser paciente oncológico e que lá não fazia este tipo de cirurgia, a minha irmã mt desesperada pediu que o médico a ajudasse de alguma maneira e que poderia me encaminhar para um hospital que fizesse a cirurgia da vesícula.

F ai que eu fiz lá msm um eletrocardiograma, um raio x do torax, exames de sangue completo e uma tomografia do abdomem total, resultado onde deu tudo normal, mas msm assim eles não quiseram me encaminhar pra outro hospital que não fosse o Ofhir Loyola, mais uma vez fui parar na UAI no dia 05/01 a tarde e fiquei jogada em uma cadeira recebendo medicação só pra passar a dor e fazendo exames que foram tomografia da coluna e tomografia do abdomem total e pélvis onde graças a Deus os resultados dos exames pra saber do câncer deram normais.

E ai foi diagnosticado a hérnia de disco e a pedra na vesícula, qto ao nódulo no fígado que apareceu é um cisto hepático tratável com medicação e dieta, no dia 07/01 eu sair do Ofhir para a casa da minha mãe pq o Ofhir não me encaminhou para um hospital que pudesse tratar da clinica médica, e qdo eu fui pra casa passei realmente perder os movimentos da parte abdominal pra baixo.

Ontem dei entrada na clinica Camilo Salgado localizado na Mário Covas e mais uma vez eles não querem ficar comigo e querem me transferir para a UAI do Ofhir Loyola, e onde se tem o pior atendimento do hospital, pessoas morrendo, e nenhuma providência é tomada, hj a minha irmã voltou ao Ofhir para buscar os laudos que informam o meu estado com relação ao câncer e se recusaram a dar os laudos, pq em todo hospital que eu for tem que ter a informação de que eu não tenho metastase e esses laudos foram negados a ela. 

Por favor alguma coisa tem que ser feito com urgência para que eu possa ter um atendimento digno, onde estão os profissionais que fizeram o seu lindo juramento e o que ao meu ver só me deparo com profissonais mais pensando no dinheiro e lavando as mãos para não tomar a responsabilidade pra si.

Por favor me ajudem a divulgar esse texto o máximo que puderem e alguém por favor façam alguma coisa pra me ajudar, eu só preciso de um tratamento de coluna e cirurgia de pedra na vesícula. Obgda a todos.

15 comentários:

  1. É verdade, salvo algumas exceções, saúde pública no Pará é caso de Polícia. Pior que ninguém faz nada, é de uma indignidade, insensatez tamanha que nem dá para acreditar. Só mesmo o governador para tomar as rédeas. O Ophir Loyola que já foi um hospital escola de referência hoje está entregue.

    ResponderExcluir
  2. Alguém precisa ajudar a Simone, ninguém merece sofrer tanto tempo com uma dor!

    ResponderExcluir
  3. Não entendi porque ele está sendo recusada pelos outros hospitais? Só porque ela é paciente do Ofir Loyola?Mas se é por isso porque então o Ofir Loyola nan faz a cirurgia de pedras na vesícula?Ou la não faz esse tipo de cirurgia é isso? Explique melhor!

    ResponderExcluir
  4. os hospitais públicos do Pará São de péssima qualidade eu que o diga,minha nota precisa fazer pré Natal e não tem atendimento pra essa área no posto de saúde do conjunto maguari vê se pode isso!aff

    ResponderExcluir
  5. Mas eu acredito no meu governador Hélder Barbalho ,que é antes de tudo um Ser Humano igual a todos nós.Amem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continue acreditando pois o nosso governador presente, Hélder,esteve fazendo vistoria hoje no Ofir Loyola,encibtrou um cenário de destruição e abandono do hospital que um dia foi referência no tratamento oncológico.
      Mais o que me deixa indignado é falácia do ex governador Tucanalha corrupto Jateve,de falar na cara de pau, que a saúde no desgoverno feke foi a área que mais investiu.Meus amigos olhem as fitif da cozinha do hospital Ofir Loyola,mas parece um banheiro de rodoviária, totalmente acabado vejam as fotos e fatis aqui narrados no site da província do Pará.O que o procurador geral fez nesses dois mandatos dele que não moveu um processo e pedido de prisão contra o Tucanalha Jateve?

      Excluir
  6. Meu nome e Rita Santos ,e fiz um comentário ontem a respeito do meu governador ,Hélder Bárbalho e ele tomou as devidas providências ,e o Senhor ainda vai ser o nosso Presidente do Brasil , Amem

    ResponderExcluir
  7. Obrigado meu grande governador Hélder Bárbalho,eu lhe agradeço por todos os doentes desta doença , tão cruel ,pq meu marido tem essa terrível doença usa bolsa de colostomia . obrigado Amem

    ResponderExcluir
  8. Obrigado, meu governador Hélder Bárbalho Saúde.Amem

    ResponderExcluir
  9. Parabéns ao nosso governador Hélder Barbalho. Governo se faz com ação e não com omissão como no governo da tucanalha. Viu Jatene?

    ResponderExcluir
  10. Hoje a nossa irmã acabou de nós deixar descanse em paz Simone . Situação muito triste.

    ResponderExcluir
  11. Meu governador Hélder Bárbalho , muito obrigado ,pelo Senhor ter escutado e atendido ,ao pedido de nossa irmã em Cristo SIMONE.AMEM

    ResponderExcluir
  12. D. Edemar e familiares, meus sinceros sentimentos.
    Nos da clinica CEFA, nos solidarizamos com sua dor. Que deus e nossa senhora recebam Simone.
    Muito triste!

    ResponderExcluir