VER-O-FATO: Mataram o "Gordo do Aurá"

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Mataram o "Gordo do Aurá"


O vereador Deivite Wener Araújo Galvão, mais conhecido como "Gordo do Aurá" (DEM de Ananindeua), foi assassinado na tarde desta quinta-feira, após ser surpreendido por um grupo armado. Ele estava em um carro branco, que foi crivado de balas. Os executores fugiram sem deixar pistas. 

Levado em estado grave para o PS da 14 de Março, o vereador morreu quando recebia atendimento médico. De acordo com a polícia, que abriu inquérito para apurar o caso, o ataque ocorreu na avenida Pedro Miranda, entre as travessas Curuzu e Chaco, no bairro da Pedreira.

Uma fonte policial disse ao Ver-o-Fato que "Gordo do Aurá" teria sido vítima de acerto de contas entre integrantes do crime organizado que disputam o comando das bocas de fumo e cocaína na região metropolitana de Belém, sobretudo nos bairros do Aurá, Júlia Seffer e Águas Lindas, áreas "vermelhas" no mapa policial. 

Ano passado, o nome dele foi notícia diária durante a campanha eleitoral entre os então candidatos ao governo Helder Barbalho e Márcio Miranda. 
Folha corrida
Deivite Galvão, o "Gordo do Aurá",  foi eleito vereador de Ananindeua em 2012, pelo DEM, e reeleito em 2016 pelo mesmo partido. Em 2013, ele foi alvo de um atentado. Quando chegava ao prédio da Câmara de Vereadores de Ananindeua, foi baleado por um motoqueiro armado, que fez vários disparos.

Segundo a Polícia Civil, o vereador respondia por dois crimes: em 2006, foi apontado como suspeito de homicídio, e em 2011 foi preso por tráfico de drogas e associação ao tráfico, no distrito de Mosqueiro.

Em setembro de 2018, foi preso por ligação com o tráfico de drogas e por integrar facção criminosa. A ação da Polícia que culminou na prisão do vereador ocorreu no residencial do "Programa Minha Casa, Minha Vida", que à época havia sido ocupado há cerca de dois anos. 
De acordo com as investigações, o local servia como abrigo para foragidos e para gerenciamento do tráfico de drogas.
 

4 comentários:

  1. Certo que ele tinha esse envolvimento com o tráfico,mas independente disso minhas condolências a família da vítima!

    ResponderExcluir
  2. O grande amigo dele o candidato" poste" do do Tucanalha,corrupto Jateve , M M manda suas condolências!

    ResponderExcluir
  3. Como sempre era libertado?
    Só divulgam as prisões mas não esclarecem como continuava forte político...
    E tem áudios dele no parlamento ameaçando divulgar maracutaias do prefeito Pioneiro.

    ResponderExcluir