VER-O-FATO: Helder demite Jardel, o preso pela PF que chefiou a Casa Civil do governo por 2 dias e assinou vários contratos

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Helder demite Jardel, o preso pela PF que chefiou a Casa Civil do governo por 2 dias e assinou vários contratos


Enrolado no esquema de desvio de R$ 25 milhões da UFRA e preso ontem pela Polícia Federal, juntamente com outros 5 envolvidos, o ex-chefe da Funasa no Pará, Jardel Rodrigues da Silva, foi demitido pelo governador Helder Barbalho. 

A demissão do alto assessor está na edição desta quinta-feira, 28, do Diário Oficial do Estado (DOE). Jardel, abatido pela caneta de Helder, chegou a atuar por dois dias, segundo nota da assessoria do governo, na chefia da Casa Civil, substituindo o titular, Parsifal Pontes. Nesses dois dias, porém, ele assinou vários contratos.

O Ver-o-Fato pergunta: O que dizem esses contratos? Sobre quais serviços? Quais os beneficiários? Os serviços foram prestados? Houve algum adiantamento? E os valores, individuais e totais?

Com dinheiro público não se brinca.

Um comentário:

  1. Você levanta várias suspeitas do servidor,e como um servidor que passa 2 dias assinaria esses supostos contratos.Seria bom antes de fazer falsas afirmações, certificar junto a Casa Cívil, primeiro.

    ResponderExcluir