VER-O-FATO: A burrocracia ataca no Detran do Pará

sábado, 16 de fevereiro de 2019

A burrocracia ataca no Detran do Pará


Francisco Sidou - jornalista

No site do Detran você encontra informações sobre os seus serviços on-line e uma avaliação caseira bastante otimista sobre os resultados. Modernizar a gestão, agilizando procedimentos para atender melhor seus usuários é uma meta louvável certamente. Mas talvez esteja faltando treinar melhor as equipes de atendimento ao cidadão/usuário de seus serviços.

Não basta ter serviços digitais com atendentes analógicos. Ontem, sexta-feira, 15/02/2018, no Posto de Atendimento do Detran da Rua Antônio Barreto, fui dar entrada no pedido de renovação da CNH. Ao conferir a documentação que apresentei, a atendente, uma senhora de meia idade, foi logo dando o veredito; " olhe, senhor, está faltando a cópia do seu RG e da CNH anterior.

Então, expliquei: senhora aqui está um BO registrando o extravio da carteira de identidade e da CNH anterior. Por isso, estou com a 2ª, via. Irredutível, ela decretou: então o senhor tem de apresentar cópia de sua carteira de trabalho para substituir o RG". Tentei ainda comovê-la: "Mas, senhora, a CNH (mesmo vencida) pode substituir a Carteira de Identidade, em todo o território nacional, por força de um Decreto-Lei de 2015.

E ela: "Mas não aqui no Detran. Só posso dar andamento no seu processo se o senhor me trouxer sua Carteira de Trabalho. E eu :" não vale o titulo de eleitor digital"? Tenho aqui no meu celular .... Ela, então, já irritada, decretou: Nada feito, senhor. E chamou o próximo. Fui em casa, apanhei a Carteira de Trabalho com foto e voltei lá. Por sorte, a minha senha foi chamada por outra atendente, simpática como devem ser os atendentes do serviço público.

Mostrei a Carteira de Trabalho e ela me disse: não precisa, moço, basta o atestado de residência (conta de luz e a sua CNH que ainda nem vencida está. Contei a exigência da outra atendente e ela até me aconselhou a registrar queixa na gerência. Agradeci pelo atendimento gentil,. mas disse-lhe que não tenho por hábito registrar queixas contra trabalhadores.

Creio que cumpre aos administradores de órgãos estatais orientar seus servidores de que esse órgão existe para servir ao público/contribuinte que, por sinal, paga seus salários. O problema é que as pessoas mal atendidas saem com péssima imagem do órgão e do governo quando, na verdade, são questões pontuais que não se pode generalizar.

Não é mesmo, caro Joércio Barbalho ?


3 comentários:

  1. Com certeza essa atendente que lhe atendeu ainda pensa que o órgão que ela trabalha pertence ao ex governador Tucanalha corrupto Jateve.Mas após essa denuncia com certeza ela será chamada pela nova direção do Detran

    ResponderExcluir
  2. Pensa num órgão que eu tenho ojeriza em ir!!!
    Justamente por conta desses atendentes "burrocráticos" e arrogantes que não sabem nem ligar um computador, o que dirá de um serviço como o do DETRAN, que aliás, é a segunda maior arrecadação do estado, perdendo apenas para SEFA...

    ResponderExcluir
  3. Isto acontece no Governo "sério dos Barbalhos, o outro governo terminou em 31.12. PARA os desavisados.

    ResponderExcluir