VER-O-FATO: Nota do PSOL diz que Úrsula cometeu "grave erro político" ao aderir ao governo de Helder

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Nota do PSOL diz que Úrsula cometeu "grave erro político" ao aderir ao governo de Helder

O Ver-o-Fato recebeu e reproduz abaixo a seguinte nota da Executiva Estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) sobre o ingresso de Úrsula Vidal no governo de Helder Barbalho, ao mesmo tempo em que comunica ter recebido o pedido de desfiliação dela da agremiação política:


"O PSOL Pará recebeu com surpresa e lamenta profundamente a anunciada decisão de Úrsula Vidal assumir um cargo no secretariado do governador eleito Helder Barbalho. Tal posição tomada em caráter pessoal contraria a deliberação partidária, aprovada ainda durante o 2o turno, que afirma o PSOL como oposição política às duas forças que disputaram aquele pleito.

Neste sentido, considerando um grave erro político o ingresso de Ursula no governo estadual, o PSOL reafirma que seremos oposição de esquerda a esta gestão do MDB, em estreita relação com os movimentos sociais, vetando a participação neste governo de quaisquer de seus filiados ou filiadas.

Tal posição tomada em caráter pessoal contraria a deliberação partidária, aprovada ainda durante o 2º turno, que afirma o PSOL como oposição política às duas forças que disputaram aquele pleito.

Finalmente, a Executiva do PSOL Pará informa que, nesta data, recebemos o pedido de desfiliação de Úrsula Vidal, momento em agradecemos a contribuição que a companheira deu à construção partidária, reiterando o compromisso de nosso partido com a defesa dos direitos do povo paraense.

Belém (PA), 28 de dezembro de 2018 - Executiva Estadual do PSOL/PA"

5 comentários:

  1. Quanta desfaçatez essa nota do PSOL, em relação a UrsuÚr Vidal, que conforme ela disse nas redes sociais, que aceitou o convite do nosso governador Hélder, porque o nosso Estado carece de uma Secretaria de cultura, em benefício do povo paraense,cultivando a cultura de paz e apoio aos nossos artistas, o que ela sempre defendeu,mesmo antes de se filiar no PSOL.Por tanto o seu aceite foi de cunho pessoal e não políticos. É por isso que nosso Estado está no atraso, onde pessoas que antes deveriam ocupar cargos de acordo com a sua competência, eram nomeado pessoas apadrinhado do pior governador do Estado do Pará dos últimos tempos o corrupto e cassado Tucanalha Jateve.E a imprensa e certos jornalistas ditos éticos aceitavam essas nomeaçoes e agora quando nosso governador está compondo a melhor equipe de secretários que nosso Estado de todos os tempos, querem critica-lo.Querem um conselho aceitem a vitória do Hélder que dói menos!

    ResponderExcluir
  2. Qual o erro de uma cidadã em aceitar a participar de um governo legitimamente eleito por mais de 2 milhões de votos?
    Francamente o PSOL e certa parte da imprensa ainda não engoliu a derrota nas últimas eleições.
    Querem um conselho aceitem a derrota que doi menos.

    ResponderExcluir
  3. A Úrsula Vidal aceitou este convite com o propósito de aparecer na vitrine, tendo em vista que perdeu a eleição para o senado, sobretudo, pavimentar a sua candidatura a prefeitura de Belém pelo MDB, tendo em vista que, o candidato natural do PSOL, é o deputado Federal Edmilson Rodrigues.

    ResponderExcluir
  4. Ursula é o Jeferson Lima da esquerda.

    ResponderExcluir
  5. Ela aceitou e dai? Precisa pagar boletos no final do mês, e ideologia não paga nada em sistema capitalista no 3o mundo. Não é isso Mendes?

    ResponderExcluir