VER-O-FATO: Lixo deprime Belém: prefeitura não paga 5 meses e deve R$ 15 milhões, acusa empresa; PMB diz que pagou quinzena de outubro

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Lixo deprime Belém: prefeitura não paga 5 meses e deve R$ 15 milhões, acusa empresa; PMB diz que pagou quinzena de outubro

Margem de canais, ruas e avenidas: Belém tomada pelo lixo

A empresa BA Meio Ambiente, que emprega 800 trabalhadores de maneira direta, além de 50 caçambeiros terceirizados, está na iminência de paralisar suas atividades de coleta de lixo em 33 bairros da capital, nos distritos de Icoaraci e Outeiro, além de outras três ilhas. 

A prefeitura deve cerca de R$ 15 milhões, acusa a empresa, explicando que os atrasos contabilizados se referem a outubro, novembro e dezembro de 2017, e também a outubro e novembro de 2018. Pior é que a prefeitura já fechou a folha de dezembro, mas não acena se pagará o mês que finda. Ou seja, 6 meses de calote. O colapso no serviço está desenhado e pronto para virar realidade.

Quem trabalha quer receber. Veja o que diz Jean Nunes, um dos donos da empresa: "não tivemos como pagar a segunda parcela do 13º salário dos trabalhadores e os caçambeiros também não receberam nada desses cinco meses. A situação está insustentável e podemos parar o trabalho a qualquer momento”.

Segundo Nunes, a cada dia menos carros de coleta saem para realizar o trabalho, o que causa o acúmulo de lixo. “Não há mais como manter o serviço. A tendência é que até o final do ano os carros parem completamente. Os trabalhadores estão revoltados. Como trabalhar sem receber? Como financiar o trabalho de 850 pessoas sem receber? São quase 200 mil litros de diesel por mês para manter o serviço, que é feito 24 horas por dia 7 dias por semana”, contabiliza o empresário.

Para concluir, frisou não saber por quantos dias conseguirá manter o trabalho. “Já entramos em contato com outros terceirizados para contratá-los para executarem o trabalho mas ninguém aceita porque sabem a fama de mau pagadora da prefeitura e de caloteiro do prefeito”. Os empregados dizem que não suportam a situação.

Outro lado

O Ver-o-Fato procurou a prefeitura de Belém para ouvir a versão dela sobre as denúncias de atraso nos pagamentos à empresa BA Ambiental. Um e-mail foi enviado à Comus, a área de comunicação do governo municipal, com várias perguntas.

A Comus informou que havia repassado o e-mail para a Secretaria de Saneamento (Sesan), que iria responder aos questionamentos do blogue. A Sesan enviou nota ao Ver-o-Fato, por volta das 7 da noite de hoje. Veja a íntegra da nota:

"A Prefeitura Municipal de Belém (PMB) informa que os valores referentes à primeira quinzena do mês de outubro já foram pagos para a empresa BA Meio Ambiente, e a segunda quinzena será quitada no início de Janeiro. A PMB esclarece que o contrato firmado com a empresa prevê que o pagamento pode ser feito em até 90 dias, estando, portanto, dentro do prazo determinado.

Equipes da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) estão atuando para identificar onde ocorreu atraso de coleta para notificar a empresa pela falha na prestação do serviço. Sobre a redução do número de caçambas apontada pela direção da empresa, o fato, em si, tem gerado problemas de coleta, o que justifica as medidas administrativas adotadas para notificar a empresa.

Como a programação de pagamento já foi feita, a PMB espera que a empresa retome imediatamente os serviços na sua totalidade, para não prejudicar ainda mais a atividade de limpeza urbana, essencial para toda a cidade".
 

10 comentários:

  1. Sinceramente quem acredita nessa nota da prefeitura comandada pelo pior prefeito de Belém dos últimos tempos o corrupto e cassado Tucanalha zenada?
    Qual o empresário que trabalha todos os dias e só pode receber com 90 dias? É serio isso blogueiro, o mes do prefeito zenada corresponde a 90 dias?
    Quer dizer que os pobres trabalhadores só recebem com 90 dias de serviços?
    Cadê o inoperante procurador geral do ministério público estadual que está mais preocupado em ficar no poder do que apurar essas denúncias?
    É isso que acontece quando o povo reelege políticos como este prefeito que só se encontra na cadeira de prefeito por culpa exclusiva do TRE que ainda não o condenou por compra de votos e uso da máquina pública na campanha eleitoral.

    ResponderExcluir
  2. E aí,Carlos,não caberia o impeachment do Zenaldo? Para mim é facilmente imputável um crime de responsabilidade.Não há muito o que dizer sobre isso:ausência de gestão,incúria administrativa inaudita,mesmo para os tristes padrões belenenses.O problema são os vereadores aliados,nunca permitiriam alguma ação que defenestrasse o alcaide emplumado.Bom dia para ti.
    Rafael Araújo

    ResponderExcluir
  3. É de politicos como este Prefeito corrupto e cassado chamado de zenada, que nos livramos nessa última eleição, quando o povo expurgou de uma vez toda a cúpula Tucanalha do Pará.
    Dias melhores virão no novo governo de Hélder!

    ResponderExcluir
  4. Lixo+alagamentos +morte de pms+milícias + gordo do aura+ incompetência = Zenaldo +Jatene + Márcio Miranda. Até que enfim libertos deles a partir de 01.01.19

    ResponderExcluir
  5. Uma coisa até os urubus do ver-o-peso sabiam,até 2012,o Duciomar Costa era o então pior Prefeito da história de Belém, a população da cidade das mangueiras imaginava que este indivíduo incompetente e corrupto nunca seria superado em termos de péssima administração, isso até então. Eis que em 2012, a população de Belém elege Zenaldo coutinho, o prefeito dos famigerados 3s, este conseguiu o "Milagre" de ser pior administrativamente falando do que Duciomar Costa, o famigerado Dudu, tornando-se assim o pior Prefeito da história de Belém. O que se passa pela cabeça do Zenaldo coutinho, ser considerado pela população de Belém o pior Prefeito de sua história?

    ResponderExcluir
  6. O que é que este sr Zenaldo Coutinho ainda faz nessa prefeitura? Esse incompetente já deveria ter sido defenestrado da vida pública! Fora tucanalha! Desapeguem!

    ResponderExcluir
  7. Até os urubus do veropa já conhecem da batalha das empresas de coleta contra a prefeitura. Zenaldo tentou fazer uma licitação graciosa pra substituir as atuais que so foi barrada pela coragem e competência do finado Juiz Elder Lisboa. A partir daí tenta quebrar as empresas com falta de pagamentos regulares e toda sorte de aplicação de penalidades. Agora mesmo ameaça a empresa, que não consegue prestar o serviço adequado à população, porque lhe faltam no caixa 15 milhões de reais, devidos pela prefeitura, desde 2017, claramente necessários para pagar empregados e gasolina dos veículos e que vem a público denunciar...mas refletindo...será que falta $$$ para pagamento das empresas de publicidade? Será que falta dinheiro pro Zenaldo viajar com gordas diárias com sua trupe para o exterior durante a copa “a serviço”? Falta é vergonha na cara, responsabilidade social com os trabalhadores, com a população de Belém! Tá faltando é atuação do MP, dos Tribunais de Contas e deste bando de vereador acomodado, que nada fazem é muito ganham. Pobre Belem!
    Parabéns Mendes pela matéria! Força pra combater mais este absurdo da pior gestai municipal de todos os tempos!

    ResponderExcluir
  8. Atuação do MP do Pará contra o Zenaldo? Kkkkkk! O cunhado do procurador-geral Gilberto Martins é o secretário de saúde!

    ResponderExcluir
  9. Joguem o lixo no condomínio do prefeito. E não nas ruas!

    ResponderExcluir
  10. A cidade virou um lixão,aqui no Conjunto Maguari não vem o caminhão de lixo desde o dia 22 de Dezembro de 2018...

    ResponderExcluir