VER-O-FATO: Ideflor-bio publica nos Estados Unidos guia de identificação de plantas das ilhas de Algodoal e Maiandeua

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Ideflor-bio publica nos Estados Unidos guia de identificação de plantas das ilhas de Algodoal e Maiandeua


O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio) publicou o Guia de Plantas da Área de Proteção Ambiental (APA) Algodoal-Maiandeua no FieldGuides, uma plataforma internacional para a indexação de espécies de plantas, animais, fungos, liquens e algas existentes no mundo. O FieldGuides é mantido pelo Field Museum Botanical Gardens em Chicago, nos Estados Unidos.

O documento é ilustrado com fotos das diversas espécies vegetais e também com identificação do nome científico e família dessas plantas. O levantamento florístico que deu origem ao Guia começou a ser feito pela Gerência de Biodiversidade do Ideflor-bio em 2016, a partir de um projeto que previa a realização de diversas incursões fotográficas à APA Algodoal-Maiandeua.

Foram catalogadas e fotografadas 111 espécies de plantas em 57 famílias diferentes. As leguminosas foram as mais numerosas, com 22 espécies. Os biólogos do Ideflor-bio também fizeram o registro fotográfico dos ambientes existentes na APA, como dunas, áreas de mata ciliar e restingas.

Segundo Aluisio Fernandes-Júnior, o Guia é uma forma de difundir nacional e internacionalmente as riquezas naturais que existem em Algodoal e Maiandeua, no Nordeste paraense, lugares já tão visitados por turistas e habitantes do Estado. 

“A utilidade do guia de identificação é justamente difundir de maneira simples o conhecimento a respeito da flora local, estimulando os visitantes e moradores da ilha a observarem e admirarem as plantas, sensibilizando-os e conscientizando-os da importância da conservação do bioma Amazônico”, conta.

A Área de Proteção Ambiental de Algodoal-Maiandeua é uma das primeiras Unidades de Conservação estaduais no Pará, criada legalmente em 1990. Ela é formada pelas ilhas de Algodoal e de Maiandeua, localizadas no município de Maracanã e separadas pelo “Furo Velho”. A APA tem um território aproximado de três mil hectares, onde os recursos naturais – como as praias, lagos e dunas – são alguns dos maiores atrativos turísticos.

O Guia “Área de Proteção Ambiental Algodoal-Maiandeua - Pará - Brasil. Plantas de Dunas, Restingas e Lagoas de Algodoal” pode ser consultado on-line no link https://fieldguides.fieldmuseum.org/guides/guide/1081.

Nenhum comentário:

Postar um comentário