VER-O-FATO: Chefe da Casa Civil de Temer, ministro Eliseu Padilha, em busca de foro privilegiado, será secretário extraordinário de Helder?

sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Chefe da Casa Civil de Temer, ministro Eliseu Padilha, em busca de foro privilegiado, será secretário extraordinário de Helder?

Padilha: enrolado na Lava Jato e indiciado pela PF
Nos bastidores do Palácio do Planalto está em curso poderosa articulação política cujo objetivo é trazer para o Pará o ministro Eliseu Padilha, chefe da Casa Civil do quase finado governo de Michel Temer. Segundo fonte planaltina do Ver-o-Fato, a possibilidade de Padilha estar por aqui é de 80%. Só não é completa porque ainda faltam fechar pequenos detalhes.

Enrolado até o pescoço na Lava Jato e com denúncias engatilhadas na Procuradoria Geral da República por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Padilha não viria ao Pará fazer turismo ou descansar das atribulações do poder brasiliense. 

Ele chegaria a Belém, já na próxima semana, para assumir uma secretaria extraordinária no governo de Helder Barbalho. Dois outros ex-ministros de Temer já aportaram por aqui, indicados como secretários de Helder: Antonio de Pádua, que era da Integração Nacional, e Alberto Beltrame, do Desenvolvimento Social.

Padilha procura desesperadamente - e está prestes a encontrar, ainda de acordo com a fonte do  Ver-o-Fato - o guarda chuva do foro privilegiado. Há trovoadas e tempestades à vista, ameaçando o chefe da Casa Civil de Temer.

As meteorológicas, todos os paraenses conhecem de sobra e já se acostumaram. As policiais, só Padilha sabe.

Será que é mesmo no Pará onde os artistas se acabam, como dizia o falecido jornalista João Seixas?


9 comentários:

  1. Antes o Eliseu Padilha do que Jatene, zenada, Márcio Miranda e a tucanalha abjeta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um imbecil mesmo que pensa q os fins justificam os meios.
      Por isso q esse Estado e as pessoas são medíocres.

      Excluir
    2. Esse aqui é pemedebista sem noção!

      Excluir
  2. O STF pode acabar com essa farra. O Supremo decidiu que o foro só alcança os crimes praticados durante o mandato e em relação a ele Pois bem, como esse entendimento é recente ainda não ficou claro o seguinte ponto. O MPF entende que caso o investigado/réu perca o foro que tinha ao cometer o crime, não poderá este foro ser transferido a outro tribunal. Exemplo: se Padilha hoje tem foro no STF e vier para o Pará ser Secretário, para os crimes cometidos enquanto Ministro não terá mais foro, ja que Secretário de Estado, de acordo com a Constituição Estadual, detde foro no TJ.
    Como se não bastasse, os crimes em que Padilha é investigado são todos de competência da Justiça Federal. Há um forte entendimento que Secretário de Estado não detém foro para crimes de interesse da União. O foro que o Secretário possui é fruto da Constituição Estadual, não podendo está, nem contrariar a Constituição Federal,que diz ser competência da JF os crimes contra bens da União, nem criar uma competência para o TRF que é o Tribunal de segundo grau da JF.
    Toda essa explicação serve para acalentar os corações que querem ver esse Brasil passado a limpo. Padilha pode até vir se esconder aqui, mas não terá vida fácil.

    ResponderExcluir
  3. O Pará não precisa do Padilha, mas o Padilha precisa do foro privilegiado, pois além de incompetente , corrupto, é um bandido de marca maior. O governador Hélder Barbalho não vai querer esta nódoa, este câncer no seu governo e, consequentemente, se "queimar" com seus dois milhões de eleitores paraenses. Pensa bem Hélder!

    ResponderExcluir
  4. Uma opção regular,na verdade fortalece o governo e isso é bom,agora tem que cortar toda aliança com os corruptos do Dem e do Psdb

    ResponderExcluir
  5. Eleitor do Barbalho é mesmo idiota

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo adorador de Tucanalha.Aceira a vitória de Hélder que dói menos!

      Excluir
  6. o "revoltado" deve ser uma pessoa que sonhava com um cargo, no novo governo,mas terá que se contentar com o que cabe no seu pobre latifúndio. Fora todos os corruptos de ontem e de hoje, independente de qualquer partido político nocivo à sociedade! Por um futuro melhor para nossa geração!

    ResponderExcluir