VER-O-FATO: Do folclore político do Pará (1): o vereador de Belém que "dormia na cama de pau duro"

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Do folclore político do Pará (1): o vereador de Belém que "dormia na cama de pau duro"


Na campanha eleitoral de 1966, Gonçalo Duarte, figura conhecidíssima no bairro do Jurunas, era candidato a vereador por Belém. Ele foi escalado pelo partido a falar, na televisão, no horário gratuito do TRE, às duas da tarde.

Diante das câmeras, reclamava que dinheiro de político não rendia. Tudo o que ganhava aplicava em aterro no bairro do Jurunas. Por isso, continuava pobre e morando numa barraca de palha - e era verdade, mesmo.

Concluindo o rosário de lamentações, Gonçalo Duarte não se conteve numa ênfase, quando afirmou:

"Até hoje, continuo dormindo numa cama de pau duro".

Fonte: livro "Barata, Passarinho e Outros Bichos", do jornalista, já falecido: Odacyl Catete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário