VER-O-FATO: TCM, em nota, fala sobre operação da Polícia Federal no órgão e diz que colabora com investigações

terça-feira, 23 de outubro de 2018

TCM, em nota, fala sobre operação da Polícia Federal no órgão e diz que colabora com investigações

Em nota enviada ao Ver-o-Fato, o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCM-PA), presta as seguintes informações sobre a "Operação Nibelungo", hoje realizada nas instalações do órgão, no bairro do Telégrafo, a respeito do envolvimento do conselheiro - já afastado cautelarmente do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) - Aloisio Chaves, o "Lula Chaves" em esquemas de corrupção. Na nota, o TCM não fala no nome de "Lula Chaves":

"Em respeito à opinião pública, esclarece que, acerca das ações executadas, na data de hoje (23), por determinação do E. STJ, vinculados às Operações Timóteo e Nibelungo, que preservadas suas prerrogativas e jurisdição e consagrando a transparência pública, sempre colaborou com o Poder Judiciário e Ministério Público Federal, prestando informações e disponibilizando todos os documentos requeridos, para melhor esclarecimento dos fatos.

O Colegiado do TCM-PA espera ver elucidados todos os fatos sob investigação, ainda em fase de inquérito, tendo plena convicção da aplicação célere e escorreita da justiça pelo Superior Tribunal de Justiça, assegurado o contraditório e a ampla defesa do Membro desta Corte, quando o mesmo terá a oportunidade de apresentar esclarecimentos, no que confia na independência e fortalecimento das instituições e esferas de controle da administração pública brasileira.

Por fim, o TCM-PA informa que já acatou as determinações do STJ, adotando as providências administrativas sob sua responsabilidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário