VER-O-FATO: Negros, os mais excluídos da atenção do Estado: alguém lembrou deles?

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Negros, os mais excluídos da atenção do Estado: alguém lembrou deles?


Nada se falou, durante a campanha eleitoral entre os candidatos ao governo, sobre quem são os pobres e miseráveis do Pará que reclamam dos serviços públicos, cobram emprego, educação, saúde, segurança e uma oportunidade na vida.
Os números são dramáticos: cerca de 80% são negros e pardos. Para cada 4 negros e pardos que exigem atenção do governo, existe apenas 1 branco.

Ou seja, não basta apenas fazer a economia crescer, mas também tornar esse crescimento mais igualitário entre a população, sobretudo entre negros e brancos. 
Fora disso, o progresso e o desenvolvimento não terão sentido. Ou melhor, não passarão de farsa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário