segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Em defesa da educação, ou já viram "A sociedade dos poetas mortos?"

No filme, alunos em cima das mesas: nova perspectiva de ver o mundo


Oscar D'Ambrosio - professor *

E não é que a campanha presidencial já começou? E não é que todos falam de educação? E não é que todos parecem não saber muito bem do que estão falando sobre o assunto? Talvez pudessem assistir, como lição de casa, o filme ‘Dead Poets Society’ (‘Sociedade dos Poetas Mortos’, de 1989, dirigido por Peter Weir.



O drama tem como protagonista um professor de poesia (Robin William, em um de seus mais marcantes papeis) em uma escola de jovens regida por valores tradicionais e conservadores alicerçados em quatro pilares: tradição, honra, disciplina e excelência. O docente não se opõe a eles, mas os coloca em uma nova perspectiva.

Estimula cada indivíduo a perseguir de maneira incessante a própria paixão, para tonar a própria vida extraordinária. Isso demanda atingir o equilíbrio entre opor-se ao que se condena e construir o que se almeja. Henry David Thoreau, Walt Whitman e Byron são alguns dos autores citados nessa procura.

Duas cenas são marcantes. A do professor estimulando os alunos a subirem nas mesas para ver o mundo sob uma nova perspectiva e a explicação do lema da Sociedade, o Carpe Diem, ou seja, "Aproveite o Dia", porque a existência dura pouco e deve ser usufruída intensamente. Será que os candidatos viram o filme?

* Oscar D'Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Gostou da matéria?
Então clique em nossas redes sociais, abaixo, e siga as últimas notícias em tempo real, direto na sua timeline:
https://www.facebook.com/verofatonoticias/
https://www.instagram.com/ver.o.fato.noticias/
https://twitter.com/verofato

3 comentários:

  1. Só não pode deixar o Barbalho voltar, pois se este corrupto, desqualificado e incompetente voltasse ao poder, tenho certeza que não vai, as escolas do Pará teriam aquela velha modalidade de alunos chamada de "aluno jacaré".

    ResponderExcluir
  2. Também a tucanalha não pode mais governar! Chega de chacina, grupo de extermínio, CV, carro prata, carro preto e etc......!!

    ResponderExcluir
  3. Esse sujeito usa o seguinte slogan:"presente daqui pra frente", ele deve estar tentando esconder o passado de corrupção, assim como o sobrenome na campanha, esse Homem é uma vergonha administrativamente falando, o pior Prefeito da história de Ananindeua.

    ResponderExcluir