quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Quem quer mudar esse sistema político podre, que só favorece demagogos e ladrões?



O redator do Ver-o-Fato tem conversado muito com políticos de vários partidos e eleitores. E todos convergem num ponto: precisamos de uma reforma nesse sistema eleitoral caquético e divorciado da realidade que temos.

Afinal, os altos impostos que pagamos merecem ser bem administrados por gestores competentes e honestos. Não é para demonizar ninguém, mas políticos bons e sérios não surgem do nada.

Na verdade, para que surjam bons políticos para cuidar do Brasil, especialmente do Pará, todos nós temos a missão de colaborar para que eles possam nascer e terem sucesso.

É preciso, contudo, que surja um sistema eleitoral moderno para melhorar a qualidade da política e dos políticos. É desanimador observar que velhos caciques, donos de partidos, saem correndo e têm horror à reforma política.

Eles agem dessa maneira para não encarar as mudanças que se fazem urgentes, porque sempre manipularam os eleitores e nunca são cobrados pelas besteiras que dizem e produzem.

Essa reforma eleitoral, sempre adiada, deveria contemplar o voto distrital, incluindo o misto. É um sistema de escolha do candidato no qual este tem que morar em um distrito eleitoral, região definida por espaço geográfico pré-estabelecido, não podendo colher votos em todos os distritos.

O objetivo é conferir mais proximidade do eleitor com o eleito, maior fiscalização e menos candidatos no momento da escolha, para facilitar o conhecimento da vida do candidato por quem vai votar nele.
                                   Gostou da matéria?
Então clique em nossas redes sociais, abaixo, e siga as últimas notícias em tempo real, direto na sua timeline:
https://www.facebook.com/verofatonoticias/
https://www.instagram.com/ver.o.fato.noticias/
https://twitter.com/verofato

5 comentários:

  1. O POVO DO PARÁ PRECISA VARRER TODOS OS CORRUPTOS, LADRÕES E BARBALHOS DA POLÍTICA PARAENSE, TEM GENTE ESCONDENDO O PRÓPRIO SOBRENOME POR VERGONHA NA CAMPANHA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que dizer de um sujeito que esconde o sobrenome na campanha?.Barbalho, Seria cômico se não fosse tráfico!

      Excluir
    2. seria cômico se não fosse trágico!

      Excluir
  2. Fora Jatene e sua quadrilha!

    ResponderExcluir