VER-O-FATO: Márcio e Helder, os mais ricos ao governo do Pará: R$ 6,6 milhões; o mais pobre, Cleber Rabelo, R$ 13 mil

sábado, 25 de agosto de 2018

Márcio e Helder, os mais ricos ao governo do Pará: R$ 6,6 milhões; o mais pobre, Cleber Rabelo, R$ 13 mil

O mais rico, Miranda, tem R$ 3,4 milhões. O mais pobre, Rabelo, R$ 13 mil
O patrimônio somados dos 5 candidatos ao governo do Pará nas eleições de alcanca mais de R$ 7 milhões. Márcio Miranda (DEM) tem o maior patrimônio declarado: R$ 3,4 milhões, seguido de Helder Barbalho (MDB) com R$ 3,2 milhões. Cleber Rabelo (PSTU) tem o menor patrimônio: R$ 13 mil.


Os candidatos que concorrem as eleições de 2018 devem apresentar diversos documentos e certidões à Justiça Eleitoral, entre elas, a declaração de bens, que deve especificar todo o patrimônio que político possui. Na lista entram bens móveis e imóveis como carros, casas, propriedades rurais, dinheiro em poupança e conta corrente, créditos, ações, investimentos e dinheiro em espécie. A declaração é pública e pode ser consultado pelo divulgacontas da Justiça Eleitoral.


No levantamento feito pela edição digital de OEstadoNet, de Santarém (https://www.oestadonet.com.br), Márcio Miranda (DEM) é o candidato mais rico. Declarou um total de R$ 3,4 milhões, sendo R$1,7 milhão em bens imóveis e direitos. Dinheiro e espécie na ordem de R$ 520 mil, depósitos bancários que variam de R$ 696 a R$ 84 mil, quotas ou quinhões de capital que somados custam R$ 29 mil, uma embarcação no valor de R$ 90 mil, um veículo de R$ 171 mil e dois apartamentos, sendo o mais caro no valor de R$550 mil e o outro R$ 35 mil.


Em seguida vem o candidato Helder Barbalho (MDB), que declarou ter um total de R$ 3,2milhões, que são compostos por Quotas ou quinhões de capital que variam de R$ 6 mil a R$ 300 mil. Dois terrenos, sendo um no valor de R$ 120 mil e outro de R$88 mil. Um veículo de R$ 97 mil. Foram declarados também R$ 1,3 milhão em Benfeitorias e ações no valor de R$ 33 mil e R$ 182 mil em dinheiro na poupança.


O portal OEstadoNet também  exibe o patrimônio dos candidatos Paulo Rocha e Fernando Carneiro. Paulo Rocha (PT) declarou a posse de um veículo automotor de R$ 69 mil e outro de R$ 35 mil, depósito bancários que somam R$ 55 mil, aplicação de renda fixa de R$ 5 mil e terra nua de R$ 92 mil. No total, o candidato possui R$ 258 mil.


Fernando Carneiro (PSOL) declarou R$ 154 mil em bens que correspondem a dois veículos automotivos, um no valor de R$44mil e outro no valor de R$ 30mil, além de uma casa no valor de R$ 80 mil. Cleber Rabelo (PSTU), o candidato com menor número de bens, declarou R$ 13 mil, referentes a posse de um veículo automotor.

                                   Gostou da matéria?
Então clique em nossas redes sociais, abaixo, e siga as últimas notícias em tempo real, direto na sua timeline:
https://www.facebook.com/verofatonoticias/
https://www.instagram.com/ver.o.fato.noticias/
https://twitter.com/verofato

Um comentário: