segunda-feira, 2 de julho de 2018

VELHO AFASTA NOVO



A forma como os partidos são governados em nada ajuda – pelo contrário, piora – a melhorar a relação deles com a sociedade. 
Existe uma oligarquia partidária, uma estrutura absolutamente centralizada e caquética, nas mãos de poucas lideranças, que, em geral, são homens mais velhos.
Muitos jovens nem pensam em ir para os partidos porque não conseguem ascender.  A velharada boicota mesmo. Vive apegada ao poder, detesta mudança.
É uma estrutura que acaba barrando quaisquer tentativas de renovação daqueles que gostariam de tentar, dentro da dinâmica partidária, conseguir mais visibilidade.
A cara de pau é ainda pedir o voto da juventude.

3 comentários:

  1. Eu vou me meter com um monte velho mentiroso e ladrão. Me poupe destes canalhas. Qualquer vala tem mais qualidade do qualquer político no nosso Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Lembra daquele ex-deputado federal nojento diretor vitalício, eterno e candidato a protetor dos fracos, pobres e oprimidos. Pois o ladrãozinho vulgar e barato é novamente candidato a enganador e batedor de carteiras de nossa população. Junto com ele, tem um monte de candidato a fora da lei.

    ResponderExcluir
  3. Vamos aqui falar de mais uma manobra relacionada a família "sabido", desta vez, vem daquela que tem "cara de anjo" mas que põe qualquer outro decaído no bolso, Cilene Sabino, a ilustríssima presidente da Jucepa, e irmã do Celso Sabino, candidato a deputado federal e aliado de todas as horas do governador. Foi descoberto que desde novembro do ano passado, existe um processo para comprar uma nova sede para jucepa, pelo modico valor de 6.7 milhões. Ora! se aquele órgão já possui prédio próprio, modernamente reformado pela gestão anterior, qual a finalidade publica dessa compra? Houve licitação? a realidade e que para negociar esse valor e fugir da lei de responsabilidade fiscal, a compra foi encaixada em inversão financeira, a compra de um imóvel usado, o antigo prédio da SEMOB, na Júlio Cesar. Enfim, comprar uma banana amassada pelo valor de um cacho não parece ser um negócio da china.

    ResponderExcluir