sexta-feira, 6 de julho de 2018

PARÁ: SURRADO E HUMILHADO PELO PLANALTO

É chato lembrar: a Lei Kandir roubou do Pará mais de R$ 40 bilhões e a União não devolveu um centavo sequer até hoje.

 
O projeto que recompõe essas brutais perdas anda em “banho maria”, em Brasília. Não precisamos de nenhum esforço mental para constatar a dura realidade que vivemos.

A madrasta União trata o Pará no chicote, porque seus enteados brigam mais entre si do que contra quem os oprime.

Isso não é retórica, é fato. Perdemos a batalha do desenvolvimento ao longo das últimas quatro décadas. Pior: não aprendemos nem com as surras que levamos do governo federal. 

Continuamos a apanhar.

3 comentários:

  1. Este modelo, que propõe transformar o Brasil em mero exportador de matéria prima, trás a marca do colonialismo. E, é tratado como o jabuti que "apareceu" na árvore.
    Ora, todos sabem que ele foi colocado lá. Mas, ninguém quer assumir esta responsabilidade.
    O governo FHC/PSDB instituiu a Lei Kandir com o apoio do PMDB. E, o governo Lula/PT constitucionalizou esta Lei com o apoio do PMDB e PSDB.
    A falta de compromisso com a construção de um projeto de Nação leva à pilhagem e empobrecimento dos Estados.

    ResponderExcluir
  2. Bom texto,mas você não sei por qual razão não fala que essa lei Kandir é de autoria de um deputado Tucanalha e apoiado aqui em nosso Estado pelo então governador Almir Gabriel e principalmente pelo então secretário de planejamento e atual governador o Tucanalha Jateve.
    Em tempo de eleições, você omitiu esse crime contra o nosso Estado arquitetado pelos Tucanalhas e seus cúmplices.Mas o pipo paraense terá a chance de exterminar esse governador e sua quadrilha do Pará nas eleições.

    ResponderExcluir
  3. Se vc eleitor quiser que as chacinas, milícias e morte de policiais continue vote no Márcio Miranda! Fora Jatene! Fora PSDB !

    ResponderExcluir