sábado, 21 de julho de 2018

Pará é tratado no Planalto como escravo. E nossos cabanos se reviram no túmulo


Embora o Pará tenha cacife econômico para negociar qualquer coisa com qualquer inquilino do Palácio do Planalto, a verdade é que sempre sofremos derrotas seguidas quando os interesses da população estão em jogo.


Pena que o debate sobre as ferrovias, que atira para lados opostos interesses políticos que deveriam ser convergentes em favor do Estado, seja travado no pantanoso terreno eleitoral.

Ficou evidente que não passamos de mero almoxarifado do país. Saqueado todo dia e com estoque cada vez mais reduzido. Brasília nos trata a pontapés, de chicote na mão.

A relação dos representantes paraenses com o Planalto, por outro lado, é subalterna, de humilhação. Enquanto isso, nossos ancestrais cabanos se reviram no túmulo diante de tanta covardia.

Somos vítimas e ao mesmo tempo carrascos do destino que traçamos.
FIM.

Gostou da matéria?
Então clique em nossas redes sociais, abaixo, e siga as últimas notícias em tempo real, direto na sua timeline:
https://www.facebook.com/verofatonoticias/
https://www.instagram.com/ver.o.fato.noticias/
https://twitter.com/verofato

Um comentário:

  1. O importante para a bancada, Deputados e Senadores, representantes do nosso Estado, é estar com seu quinhão garantido e só. E o Povo??? ah o povo é só pra carregá~los nas costas.

    ResponderExcluir