quinta-feira, 21 de junho de 2018

PISTOLEIRO CALA COM DOIS TIROS A VOZ DO RADIALISTA JAIRO SOUZA, EM BRAGANÇA

Jairo Souza: mais uma vítima da violência que domina o Pará
Radialista polêmico, que mantinha há dois anos um programa de 5 às 9 da manhã na rádio Peróla FM, de Bragança, Jairo Souza, de 43 anos, foi morto por um pistoleiro, ainda durante a madrugada desta quinta-feira, quando chegava na emissora.

Ele levou dois tiros pelas costas e morreu no Hospital Santo Antonio Maria Zacaria, para onde ainda chegou a ser levado por populares. A polícia abriu inquérito para investigar o caso e ainda não tem pistas do assassino, nem a motivação do crime.

Jairo Souza, segundo colegas de trabalho, foi surpreendido pelo assassino, que provavelmente seguia seus passos e foi aguardá-lo na porta da Peróla FM, no edifício Nunes Bastos. O criminoso tinha a cobertura de um motociclista, que facilitou a fuga.

O crime provocou comoção na cidade de Bragança, onde Jairo era muito conhecido por criticar, no microfone da emissora, durante seu programa "Pérola Show", as coisas erradas que observava no município, além de veicular denúncias de ouvintes. 

Além da Pérola FM, anos atrás Jairo também trabalhou em Capanema, na rádio Princesa FM, onde apresentava o programa "Patrulhão 106", sempre entremeando críticas a governantes e bom humor, liderando a audiência.  

O corpo do radialista foi levado para o IML de Castanhal. 

8 comentários:

  1. Certamente esse radialista foi calado por algum politico picareta e assassino, aliás que esse estado está cheio de políticos picaretas, ladrões e assassinos. Quem cutuca a ferida desses bandidos infelizmente é calado.

    ResponderExcluir
  2. lamentável a morte do jairo homem esse que nao se calava pra nenhum vagabundo... e principalmente pra políticos safados.

    ResponderExcluir
  3. Foi uma grande perda pro radio paraense,que Deus coloque a alma do Jairo em um bom lugar e de muita força para a família.

    ResponderExcluir
  4. esses assasinos devem ser punídos da pior forma possível por matar um cidadão que só falava a verdade, covardes mal carater.

    ResponderExcluir
  5. Acabou. Ninguem pode mais trabalhar. Professor apanha de aluno. Médico é roubado. Advogado morre pelo cliente. Operário morre no ônibus.. Enquanto isso a quadrilha do Jatene tá em palanque comemorando de bolso cheio as coligações partidárias. Esse Estado tá uma vergonha. A pistolagem impera e a corja do Governador só ficando mais rico.

    ResponderExcluir
  6. Calaram a voz de um grande homem

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente ele falava mal dos politicos da oposiçao isso ...

    ResponderExcluir