VER-O-FATO: FISCALIZAÇÃO POLUÍDA

domingo, 3 de junho de 2018

FISCALIZAÇÃO POLUÍDA

É bom saber: o Pará, e isso não é de hoje, ostenta um dos índices mais baixos de eficiência governamental do país se comparado com outros estados da federação. A propósito, tome-se o exemplo da área ambiental.


A fragilidade da fiscalizaçāo é enorme e as medidas compensatórias de impacto ambiental são praticamente nulas. 
Isso coloca o Estado diante de um vexame perante a opiniāo pública e seus indicadores de sustentabilidade.

E a culpa não é de São Pedro. O eterno costa-larga e sobre o qual desaba a carga pesada da incapacidade governamental.

2 comentários:

  1. Fiscalização ineficiente, quem "paga o pato" e torna-se o "bode expiatório " é o pobre do São pedro por "mandar" muita chuva pra cá. Isso na explicação desses corruptos e incompetentes políticos paraenses.

    ResponderExcluir
  2. Manda prender esse São Pedro, oras...

    ResponderExcluir