sábado, 3 de março de 2018

FUNCIONÁRIOS DA HYDRO VÃO PROTESTAR NA PORTA DO IBAMA, EM BELÉM, NA SEGUNDA-FEIRA,5


Funcionários da Hydro, pressionados pela empresa, que ameaça com demissões em massa se eles não "vestirem a camisa", vão amanhecer segunda-feira em Belém, ocupando a rua em frente e a sede do Ibama.

O objetivo da manifestação é pressionar o órgão ambiental - leia-se o ministro Sarney Filho - para que o Ibama retire o embargo das bacias da empresa. A multa de R$ 20 milhões a Hydro não se importa, porque não paga mesmo, como não pagou até hoje a multa de 2012, de R$ 17 milhões.

Quem está à frente da mobilização é o Sindicato dos Químicos de Barcarena, mas quem vai mandar os ônibus lotados de funcionários é a Hydro. É jogo pesado. Inclusive contra os próprios funcionários - cerca de 4 mil.

A Justiça de Barcarena também embargou a Hydro e reduziu pela metade a produção da empresa. Mas a convocação do sindicato para os trabalhadores estarem em Belém não fala em protesto contra a decisão judicial.

A Hydro sabe onde pisa. E sabe, mais ainda, onde joga sua lama venenosa.

Em tempo:  fonte informa que a Hydro deu 200 mil reais para o Sindicato dos Químicos de Barcarena fazer a mobilização dos trabalhadores e trazê-los amanhã para Belém para ocuparem a sede do Ibama. 

Vou te contar... é peleguismo puro.

2 comentários:

  1. Devemos pedir aos funcionários da Hydro pra virem na Europa, pra pedir ao Rei da Noruega pra garantir seus subsídios pessoas, salários, que vão até à aposentadoria com os lucros que a empresa já fez depois que a empresa Bureau véritas deu autorização ao grupo pagando políticos pra autorizarem seu funcionamento amplificado, obstruindo as nossas leis e destabilizando nossos órgãos públicos como a Sema. Destruindo a população de Barcerena nesse envenenamento cedido. Se seus medos são a perda de salários, eles poderão com inteligencia, pedir pra dividir os lucros que foram distribuídos com os maiores investidores, na qual o próprio governo norueguês acumula com o conforto que o próprio povo norueguês divide. Ao mesmo tempo a população norueguesa não é informada senão agora, do procedimento dessa empresa que aproveita da herança que pertence ao povo de Barcarena, que hoje vive envenenados. Somente pra informação, com o mínimo de contato com o povo de quaisquer país da Europa. Que eles pedem pra levantar a cabeça pro céu, pra observarem que já esta fazendo duas semanas que não se ver quase, grandes marcas de projeção de alumínio nos céus europeus, do alumínio que chega nessas empresas secretas que projetam alumínio nos céus, e não somente na Europa. Que se fazem acreditar que é pra lutar contra o esquentamento do planeta. Que eles trabalhem é um compromisso, mais que eles ajudem a matar crianças, homens, mulheres, animais e florestas é um crime que eu próprio encaro pra alertar as autoridades Paraenses. Não me faz o mínimo de pena a perda de tanta energia, a partir do momento que é uma paródia que os funcionários farão segunda-feira próxima, caso fizerem, pra forçar as autoridades que tentam agora restabelecerem a ordem, inclusive informo pra quem não sabe, que na Europa, toda empresa que possuem mais de 50 funcionários, exige que elas criem o que eles chamam de "comitês" de empresa, justamente pra que cada empresa eleja um secretário do "comitê empresarial, que representa os funcionários, pra evitarem esse tipo de transbordo. Vamos mundializar as nossas empresas já que o mundo pede mundialização. Somente divido o mau que as famílias de Barcarena dividem. e com um pouco mais de respeito, os funcionários da Norks Hydro, deveriam providenciar um monumento, uma "Estela" com o nome de cada pessoa morta pelo câncer que eles lhes submetem. Viva o Brasil, viva o Pará, e viva a nossa república. Digna do nosso tamanho, que é maior que a Noruega e muitos países Europeus. E quem não estiver de acordo que me faço por favor uma manobra judicial, mais que estejam preparados pra me indenizarem ou que se calem-se. CARLOS XERFAN.

    ResponderExcluir
  2. Como indenizar em um Estado
    que prevalesse,a corrupção extrema em todos os seguimentos Públicos,basta da oportunidade de fazer o jeitinho Brasileiro ou sempre cabi mais umo, quem usa o truque da vista grossa.Infelizmente estamos em regime politico totalmente aristocrata.Onde que no jogo só ganha a conhecida barganha (Toma lá e me dá cá) essa é realidade.Agora os maiores culpados são os cidadãos da sociedade,que vendem seus Direitos Constitucionais por algumas mmigalhas,trocando um futuro de bem estar pelo sofrimento,que hoje se ver....

    ResponderExcluir