segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

A MINISSÉRIE DE TERROR AMBIENTAL QUE FAZ SUCESSO NO BRASIL E NA NORUEGA

 Noruega, 2017: ministra dá lição de moral em Temer. Aqui, Hydro ri do Ibama

A central de pirotecnias das tragédias anunciadas no Pará apresenta: "Enérgicas Providências de Autoridades Indignadas", minissérie em infames capítulos dos crimes ambientais e sociais praticados pela mineradora norueguesa Norks Hydro, em Barcarena. Tudo ao vivo e em cores - principalmente de sangue.

Cena 1 - No primeiro capítulo, o governador Simão Jatene, travestido de advogado da Hydro, culpa as chuvas  e o costa-larga São Pedro pelo transbordamento das bacias da multinacional e a contaminação que ameaça de morte os moradores das comunidades do entorno.

Cena 2 - O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, é o personagem do segundo capítulo. Ele descobre que o Ibama existe no Estado e determina, do alto de sua revolta, que o órgão "adote todas as providências legais necessárias para cessar, imediatamente, os danos ambientais".

Cena 3 - Corta a imagem de Brasília para Barcarena e, em primeiro plano, vê-se a cara de terror dos diretores da Hydro com a ameaça ministerial. Os súditos do rei da Noruega estão a morrer de medo. Brada Sarney Filho: "a população está sem acesso à água potável. A empresa terá que se explicar e responder por esse dano socioambiental na região". Corta.

Cena 4 - Com imagem do parlamento da Noruega, em junho de 2017, a primeira-ministra daquele país, Erna Solberg, ao lado do presidente Michel Temer, dá nele uma lição de moral - logo a Noruega, sem nenhuma moral para dar lição em ninguém diante do que a Hydro faz no Pará - e afirma que o Brasil não cuida da política ambiental e do desmatamento na Amazônia.

Cena 5 - Corta para o ministro do Meio Ambiente da Noruega, Vidar Hegelsen, que lembra que o país dele, desde 2008, investiu mais de 1,1 bilhão de dólares para ajudar o Brasil a preservar a Amazônia, que vive constante ameaça de madeireiros e da conversão das florestas em fazendas. E anuncia corte de 200 milhões de dólares da grana norueguesa no Fundo Amazônia.

Cena 6 - Novo corte na imagem e ela volta para Sarney Filho, em primeiro plano, durante coletiva hoje em Brasília. "E existem motivos comprovados para multas pesadas e embargo das atividades da Hydro Alunorte, que devem ser devidamente comprovados por laudos técnicos do Ibama", promete o ministro.

Cena 7 - Corta. Risos, muitos risos. Recortes de jornais mostram que a Hydro já foi multada em R$ 17 milhões em 2009 pelo mesmo Ibama do ministro Sarney. Motivo: danos ambientais e contaminação em Barcarena. Até hoje, não pagou um centavo, recorreu e o processo parou em Brasília. Ao fundo, a música "Bichos Escrotos", dos Titãs.

Cena 8 - Gargalhada geral. Voz do narrador: "Mas a minissérie "Enérgicas Providências de Autoridades Indignadas", que já é sucesso e motivo de chacota por onde é exibida, promete novos emocionantes e hipócritas capítulos". 

Até a próxima.
Imagem escurece e sobem as letrinhas dos créditos, ao som em BG de Take on me (aceite-me), da banda norueguesa A-HA.



Um comentário:

  1. Perfect.
    Faltou apenas mencionar o capítulo em que a velhacaria de jacarés e cavanhaques já procuram tirar proveito, se apresentando como fiéis e aguerridos defensores de nosso povo. ooooohhhh!!!!!
    Aguardaremos os próximos capítulos....

    ResponderExcluir