VER-O-FATO: PATRIMÔNIO DE BOLSONARO E FILHOS CRESCEU NA POLÍTICA, DIZ "FOLHA DE SÃO PAULO"

domingo, 7 de janeiro de 2018

PATRIMÔNIO DE BOLSONARO E FILHOS CRESCEU NA POLÍTICA, DIZ "FOLHA DE SÃO PAULO"


O patrimônio do deputado e candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSC-RJ) cresceu consideravelmente desde sua entrada na política, apontou reportagem do jornal Folha de S.Paulo deste domingo.

Bolsonaro e três de seus filhos, que também exercem cargos públicos, são donos de 13 imóveis com valor mínimo de 15 milhões de reais. Segundo o jornal, a maioria dos imóveis está localizada em áreas nobres do Rio de Janeiro, como Copacabana, Barra da Tijuca e Urca.

De acordo com as informações obtidas por meio de documentos de cartórios, todos os imóveis foram adquiridos nos últimos dez anos. Os bens dos Bolsonaro também incluem carros com valores de até 105.000 reais e aplicações financeiras de 1,7 milhão de reais.

Procurados por VEJA, Jair e um de seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro, não responderam às tentativas de contato sobre a reportagem. Até 2008, a família havia declarado à Justiça Eleitoral bens em torno de 1 milhão de reais, entre eles apenas três dos 13 imóveis que possuem atualmente. 

Quando ingressou na política, em 1998, Jair Bolsonaro tinha declarados apenas um Fiat Panorama, uma moto e dois lotes que valiam pouco mais de 10.000 reais, segundo a Folha. Bolsonaro não tem nenhuma outra ocupação além da política. Três filhos dos cinco filhos do deputado federal também ocupam cargos públicos.

Flávio Bolsonaro é deputado estadual pelo Rio de Janeiro, Eduardo é deputado por São Paulo e Carlos vereador no Rio desde 2001. Eles também apresentaram crescimento de patrimônio acelerado nos últimos anos. Flávio negociou 19 imóveis nos últimos 13 anos.

Lavagem de dinheiro

Segundo a Folha, as transações para a compra da casa em que Jair Bolsonaro vive, na Barra da Tijuca, têm indícios de lavagem de dinheiro, segundo critérios do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Fazendo e do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci). O presidenciável recebe atualmente salário bruto de 33.700 reais como parlamentar, além de um soldo do Exército.

O valor real dos imóveis de toda a família, cinco em nome de Jair Bolsonaro, três de Carlos, dois de Eduardo e três de Flávio, representa cerca do triplo do que a família declarou à Justiça. A lei, contudo, exige apenas o informe de bens, e não de seu valor. Fonte: Veja, com informações da "Folha".



Um comentário:

  1. Qualquer funcionário público, general, governador, senador ou gari, que ficar milionário no cargo, É LADRÃO.
    Tenho dito!

    ResponderExcluir