segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

VAI CAIR, CAIU... E PRENDAM QUEM DEIXOU ISSO ACONTECER NA PRAIA DO MARAHÚ

              

Sob grande estardalhaço, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, anunciaram uma parceria para reconstruir a orla de Mosqueiro, hoje em franco processo de destruição pelas fortes marés.

As obras começaram, mas não resistiram às marés, na praia do Marahú, onde um muro de contenção começou a ser construído. Em toda a orla, o valor da obra foi orçado em R$ 27 milhões. 

De tão malfeita e provavelmente com material de quinta categoria, o muro começou a ruir e parte dele já desabou. A maré levou o dinheiro público. E agora? Quem vai pagar por isto?

Cadê os órgãos fiscalizadores? Nem a prefeitura, nem o Ministério da Intregração Nacional fiscalizaram a utilização dos recursos públicos. 

Se conserto houver, mais desperdício de recursos, para algo que não deveria ter acontecido. Dizer que a maré foi mais forte do que o murinho débil é chover no molhado.

A culpada - algum cretino pode dizer - foi a natureza.

E os cretinos que deixaram a onda levar os recursos públicos, o que dirão?

Tão Pará....

6 comentários:

  1. Esse Zenaldo, é um charlatão mesmo,ele deixa a orla se acabar pra depois pegar o Dinheiro Público e dar fim.Por que, o Helder Barbalho estar se metendo com esse segundo Duciomar. Será que vão dar o golpe também no Estado do Pará....

    ResponderExcluir
  2. Tá vendo,moradores de Belém, a imundice de Obra do Prefeito de Belém, é de R$1,99, depois quer ser Governador.Tá nem de chiqueiro...

    ResponderExcluir
  3. O pior Prefeito que o Estado do Pará já teve,Zenaldo Costa...

    ResponderExcluir
  4. Só podê ser castigo o que o povo belenense estar passado 8 anos de Duciomar, agora, mais 8 anos de Zenaldo. Desse jeito,mano é melhor ir embora de Belém.Porque só Mike...

    ResponderExcluir
  5. Será, que não tem uma Magistrado de Puço pra concluir esse processo definitivo de cassação de Prefeito..

    ResponderExcluir
  6. O eterno candidato HELDER jogou quanto dinheiro fora. Os recursos dele parece o dinheiro das cestas básicas de Barcarena, ninguem viu.

    ResponderExcluir