INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Linha de Tiro - 19/04/2018

sábado, 23 de dezembro de 2017

E O PREFEITO ZENALDO, HEIN? PERDEU R$ 1,2 MILHÃO QUE ERA DO PRONTO SOCORRO DO GUAMÁ



O prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho - com toda justiça, o pior prefeito que a cidade já teve, arrebatando o título do notório e encrencado Duciomar Costa - aprontou mais uma. E, para variar, na área da saúde, um setor que ele jogou na UTI faz tempo.


Desta vez, o tucano perdeu, por absoluta abulia administrativa, mais de R$ 1,2 milhão para a saúde no Orçamento da União de 2017, segundo emenda destinada à prefeitura pelo deputado federal psolista, Edmilson Rodrigues. 

O caso é o seguinte: Edmilson destinou duas emendas para a área da saúde do município de Belém, no ano de 2017, sendo uma para a manutenção de unidades de saúde no valor de R$ 2.950.000,00 ,que está sendo executada; e a outra no valor R$ 4.734.536,00 para reforma do HPSM Humberto Maradei. 

Ocorre que, com relação à segunda emenda, a prefeitura só conseguiu apresentar projeto de reforma para parte do recurso, no valor restante de R$ 1.254.336,00. Ao saber que Zenaldo não utilizara o dinheiro, Edmilson, na condição de autor da emenda, requereu junto ao Ministério da Saúde que o recurso tivesse outra destinação, mas não conseguiu. Resumo: o dinheiro voltará para Brasília.

Zenaldo, como se vê, a cada dia se supera. Seja no abandono da saúde, das obras da Bacia da Estrada Nova - já mandou anunciar "recesso", pasmem, até abril, o que significa jogar os moradores nas enchentes do rigoroso inverno que vem por aí -, ou do famigerado BRT de R$ 500 milhões, uma obra que caminha a passos de jabuti e atravanca a vida de milhares de pessoas, diariamente, na Augusto Montenegro.

Coitada de Belém. 

Nota do Blogue: o Ver-o-Fato  tentou, sem obter sucesso, falar com o prefeito de Belém, mas o telefone dele estava fora da área de serviço. Nenhum assessor também foi localizado. O blogue quer ouvir a versão de Zenaldo Coutinho. Quem, de seu staff administrativo,  se habilita a oferecê-la?


Nenhum comentário:

Postar um comentário