INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Linha de Tiro - 19/04/2018

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

EXCLUSIVO - COMISSÃO ELEITORAL PASSA O SAL E CASSA RECANDIDATURA, POR ABUSO DE PODER, DO PRESIDENTE DO CREA-PARÁ

O engenheiro agrônomo Elias da Silva Lima, presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (CREA-PA) e que concorria à reeleição no pleito do dia 15, teve o registro da sua candidatura cassado pela Comissão Eleitoral Regional (CER).

A cassação ocorreu ontem, quinta-feira. Elias é acusado de abuso de poder político e conduta vedada por fazer propaganda irregular na inspetoria em Bragança conforme vídeos que foram anexados ao processo e que mostram farto material de campanha do atual presidente dentro da unidade do CREA no município.

A impugnação foi feita pelo candidato oposicionista André Tavares. Agora apenas três candidatos permanecem na disputa. Existem hoje 47 mil profissionais inscritos no conselho (57% do total na grande Belém), sendo que 31 mil estão aptos a votar.

O rebu é grande na entidade. O presidente anuncia aos quatro ventos que vai recorrer à Justiça para manter sua candidatura à reeleição. A oposição diz que as denúncias são graves e que a candidatura de Elias Lima já levou o farelo.

Veja, abaixo, a decisão da Comissão Eleitoral:




2 comentários:

  1. Tem que cassar mesmo esse boçal que arrota poder no Crea-Pa, já era tempo de fazerem alguma coisa. Bem feito !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. É uma pena. Ser presidente de uma autarquia com merece homens sérios. Todos devem participar. A engenharia é o grande motor dos governos.

    ResponderExcluir