VER-O-FATO: UMA PAQUERA COM A MORTE

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

UMA PAQUERA COM A MORTE

Ou é falta de noção ou completa irresponsabilidade. Quem sabe, as duas coisas ao mesmo tempo. A mulher que dirige essa motocicleta está com mais quatro pessoas: um bebê, outra criança, de 3 anos, mais outra, de uns 12, além de uma adolescente. 

Ou seja, cinco pessoas. Um risco à vida de todas, incluindo a condutora. Ela parou num posto de combustíveis no momento em que foi flagrada pelo colaborador do Ver-o-Fato, que fez as fotos, abaixo, no município de Tailândia.

A mulher não deu a menor bola para os protestos e advertência de quem assistia à inusitada cena, um misto de irresponsabilidade e ousadia. E, pior, não apareceu nenhuma autoridade para dar um basta nessa demonstração de desapego à vida e à própria segurança.

Dela e de seus - provavelmente - familiares. Lei e fiscalização, só para lembrar um velho general que governou o Pará com mão de ferro, não passam de potoca.

Pelo menos para pessoas como a condutora da motocicleta. 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário