sábado, 7 de outubro de 2017

VALE INFORMA QUE CUMPRE DECISÃO JUDICIAL E DIZ QUE ESTÁ RECORRENDO

Em nota enviada ao Ver-o-Fato, a mineradora Vale comunica que está cumprindo a decisão da Justiça Federal, que mandou lacrar os portões do projeto Onça Puma, em Ourilândia do Norte, no sul do Pará, paralisando as atividades da empresa por problemas sociais e ambientais causados à região e aos índios. 

A íntegra da nota é a seguinte: "A Vale informa que está cumprindo a decisão judicial da 5ª Turma do  Tribunal Regional da Primeira  Região ( TRF-1ªR), que determina a paralisação da “atividade de mineração” em Onça Puma, e está recorrendo dessa decisão por considerar que toda a atividade é licenciada e fiscalizada pelo órgão licenciador competente (Semas/PA), atendendo as medidas mitigadoras e compensatórias.

A Vale juntou diversos laudos de empresas técnicas e de profissionais de elevado conhecimento, indicando que não há relação entre os elementos dissolvidos na água e alegados problemas de saúde com a atividade de mineração de Onça Puma, o que foi ratificado pelos técnicos da Semas/PA que emitiram laudo neste sentido". 


Nenhum comentário:

Postar um comentário