VER-O-FATO: EXCLUSIVO - DENÚNCIA: SUCATEADA E COM POUCO TRABALHO, CÂMARA DE ANANINDEUA É PARAISO DE "FANTASMAS"

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

EXCLUSIVO - DENÚNCIA: SUCATEADA E COM POUCO TRABALHO, CÂMARA DE ANANINDEUA É PARAISO DE "FANTASMAS"

Câmara de Ananindeua: "fantasmas" assombram prédio sucateado
Dr. Daniel e prefeito Pioneiro, em juramento, no dia da posse de ambos
 
Denúncias chegadas ao Ver-o-Fato apontam que a Câmara Municipal de Ananindeua foi transformada num reduto de servidores "fantasmas", que só aparecem para assinar a folha de frequência um dia antes de ser enviada ao setor de recursos humanos. Os próprios vereadores, segundo os denunciantes, abominam o trabalho: a sessão plenária só ocorre uma vez por semana, a cada quarta-feira, mas ainda assim poucos vereadores aparecem. 


O prédio, por outro lado, é velho e cheio de infiltrações "um horror", diz um assessor que, como outros denunciantes, pede para não ser identificado. Veja abaixo as denúncias e o que diz o vereador e atual presidente do poder legislativo da terra dos ananins, Daniel Santos, o "Dr. Daniel":

"Assombrações", o contribuinte banca
  
"Cada vereador tem direito a seis assessores - de livre nomeação e exoneração -, como todo contratado. O fato é que a estrutura da Casa, totalmente sucateada, não permite alocar todas essas seis pessoas, já que cada gabinete é um "ovo".  Dá no máximo três funcionários, contando com o próprio vereador. 

Aí você me pergunta? E os outros? Simplesmente não trabalham. Apenas vão assinar a folha de frequência um dia antes de ser enviada para o RH.  Ah, e dos assessores que vão ao gabinete, poucos cumprem a carga horária de 6 horas por dia. A Casa funciona das 8h às 14h, mas a maioria "trabalha" até às 12h. Tamanho absurdo, dá nojo da situação. 

E, em muitos casos, os vereadores contam com apadrinhados em várias secretarias da Prefeitura, mas estes acabam prestando serviços diretamente ao vereador por meio do seu gabinete. Ou seja, muitos recebem por uma secretaria, mas trabalham para a Câmara. O prefeito Manoel Pioneiro sabe de tudo e cala-se para não atrapalhar o "bom relacionamento" e a harmonia entre os poderes. O contribuinte, que banca a farra, que se exploda.

Tudo isso ocorre porque a frequência dos servidores é feita no papel, isto é, pra tudo se dá um "jeitinho". Não há um ponto eletrônico para controlar. 

Vereadores não trabalham (novidade, né?)

A Câmara Municipal de Ananindeua tem sessão plenária apenas em um dia da semana: quarta-feira, às 16 horas. E esse é o único dia em que os vereadores aparecem (e quando) aparecem para despachar em seu gabinete. E muitos nem nas sessões comparecem. É o caso do Gordo do Aurá (DEM), Erick Monteiro (PSDB), Helder Júnior (PP), Vanderray (PROS), Bitoti (PV) e Marlon (PSDC), por exemplo, que raramente são vistos nas sessões. 

Assim como eles, muitos não têm compromisso com a sofrida população de Ananindeua. Uns chegam a passar mais de um mês sem ir à Câmara. Mas, no final do mês o salário está na conta: R$ 11 mil.  Com a palavra, o presidente da Casa, vereador Dr. Daniel, que vem candidato a deputado estadual em 2018 e já está em campanha. 

Câmara sucateada e povão frita no calor 

Os servidores (efetivos) que se esforçam para realizar um trabalho sério esbarram em uma série de dificuldades. A Casa é totalmente sucateada, com gabinetes minúsculos, paredes sujas e rachadas, calor insuportável -  já que o prédio em si não tem ar refrigerado. Apenas os gabinetes contam com refrigeração própria - mas apenas na sala do vereador. 

Quem fica do lado de fora do gabinete, esperando para falar com o vereador, sofre com o calor e até falta de cadeiras para sentar. Em alguns locais diria até insalubre. Sem falar no almoxarifado, que nunca tem nada. Falta caneta, papel e tinta para impressora, por exemplo. A comunidade também merece uma Casa digna, já que muitos vão até lá para serviços de encaminhamento de emissão de carteira de identidade e CPTS. Dinheiro tem, mas para onde está indo, que não é usado para os serviços essenciais do dia a dia da Câmara?

Dr. Daniel nega denúncias, mas promete apuração

O presidente da Câmara, vereador Daniel Santos, procurado por telefone pelo Ver-o-Fato nega tudo, só reconhece as condições do prédio, que "são ruins". De acordo com ele, os vereadores só podem gastar até R$ 6,5 mil com assessores e que poucos devem ter seis assessores "porque ninguém quer ser assessor para ganhar pouco". 

Disse que vai apurar as denuncias - a de que, também, os vereadores fogem do trabalho, embora tenha defendido alguns, dizendo que sempre justificam as ausências, quando isto ocorre. Dr. Daniel admitiu que a frequência é feita numa "folha física", que fica com cada vereador para apresentar no final do mês ao setor competente da Câmara. 

O presidente explicou que ele mesmo só tem 3 assessores e que paga R$ 3,5 mil para seu chefe de gabinete. E prometeu enviar ao Ver-o-Fato uma resposta com base no levantamento que iria fazer sobre todas as denúncias. Até agora, passados mais de 20 dias, ainda não retornou. 


5 comentários:

  1. Acho que a Câmara de Ananindeua tem problemas históricos, e não é dessa gestão, que só tem 10 meses a frente da mesa. O Prédio é antigo, e com essa crise, se o atual presidente quiser fazer outra sede, vão cair em cima de pau nele. Hoje a Câmara de Ananindeua discute
    temas importantes para o município e estado, tem deixado bem para trás a de Belém. As transmissões ao vivo via Facebook, é um sinal que a presidência está tendo um papel relevante para democratização daquela casa (talvez a única do Pará a fazer essa transmissão ao vivo). Acho que temos que da pingos aos "i". Respeitando a fonte do blog,
    Temos um direcionamento da denu'ncia para atingir o atual presidente Dr. Daniel Santos. Que deve disputar um cargo legislativo na próxima eleição (ele é politico e não síndico). Sobre as assessorias: são cargos de livre escolha dos vereadores, é brincadeira, falar em tamanho do espaço. ALEPA, e Câmara Federal não cabe 1/3 dos assessores na sala do parlamentar. Todos sabem que os políticos tem trabalho com a comunidade e suas assessorias prestam esse serviço por ordem dos vereadores. No geral é isso Solange Lima odontóloga, sem cargo na câmara nem na prefeitura

    ResponderExcluir
  2. cadê o Ministério Público se vc andar da BR para dentro, mete pena um município atolado em sacagem de todos os lados.

    ResponderExcluir
  3. Reelegeram o pior prefeito que Ananindeua já teve, tiveram chance de mudar, mas os eleitores preferiram vender seus votos.E o pior a Justiça eleitoral, nada faz para apurar e processar a Tucanalha de Ananindeua.Aguentem mais 4 anos de peia no lombo de vocês!

    ResponderExcluir
  4. Coronel Osmar, secretário de obras de Ananindeua, conhecem? Testa de ferro do prefeito Pioneiro. É por ele que flui tudo. Entenderam?

    ResponderExcluir
  5. Concordo que é o pior prefeito que Ananindeua já teve, nada faz para a melhoria do município, cidade nova está tomada pelos buracos, uma vergonha, gastando dinheiro com servidores fantasmas, tem muita gente contratada nessa prefeitura que está recebendo dinheiro pra ficar em casa, enquanto que tem tanta gente desempregada!!!! Vergonha! Prefeito vergonha junto com seus assessores.

    ResponderExcluir