sexta-feira, 22 de setembro de 2017

DEPUTADO SCAFF ACUSA TUCANO CELSO SABINO DE COPIAR SEU PROJETO QUE CRIA HOSPITAIS VETERINÁRIOS PÚBLICOS DO PARÁ

Scaff: conduta vexatória de Sabino
Sabino: acusado de plágio por Scaff
O deputado José Scaff, do PMDB, está furioso, tiririca, com seu colega de parlamento, o deputado Celso Sabino, do PSDB. É que, na maior cara de pau. Sabino adotou "conduta vexatória, de plágio", segundo Scaff, ao copiar seu projeto de indicação, aprovado há 1 ano e 10 meses pela Assembleia Legislativa, para a implantação de Hospitais Públicos Veterinários no Estado do Pará. 

Em nota enviada ao Ver-o-Fato, Scaff diz lamentar que Celso Sabino "ao invés de pensar e usar a criatividade para elaborar projetos em prol da população do Estado, perca seu tempo copiando projetos de outros deputados já devidamente votados e aprovados em plenário". Pior fez a Mesa Diretora da Alepa, que marcou bobeira - ou esqueceu deliberadamente - de permitir que um projeto já aprovado, como o de Scaff, fosse novamente votado e aprovado, agora com as digitais de Celso Sabino. 

Veja a nota irada do deputado Scaff, intitulada "Repondo a Verdade dos Fatos", denunciando o plágio de Sabino:  

"No mundo da política a honestidade e integridade são fundamentais para um desempenho parlamentar ético e dentro da legalidade.  O mandato e correligionários do deputado José Scaff (PMDB) foram surpreendidos no último dia 13/09 por uma postagem nas redes sociais do deputado Celso Sabino (PSDB) dando conta que o deputado comemorava a aprovação na sessão plenária da Assembleia Legislativa daquele dia, de um projeto de indicação de sua autoria que “institui a implantação de Hospitais Públicos Veterinários no Estado do Pará”.

Repondo a verdade dos fatos: quem primeiro apresentou projeto que “Dispõe sobre a criação e estruturação de hospital público veterinário no âmbito do Estado do Pará” foi o deputado José Scaff através do Projeto de Indicação 42/2015 aprovado no plenário da Assembleia Legislativa do Estado, em turno único, no dia 02/12/2015, ou seja, quase 1 ano e 10 meses antes da aprovação do projeto do deputado Celso Sabino.

Documentos comprovam: no oficio Nº 2.633/SSL-15, o presidente da Alepa, Márcio Miranda, encaminha ao governador Simão o projeto de indicação Nº 42/201, sendo recebido no protocolo geral da Governadoria em 10/12/2015.
Já no ofício Nº1207/15, de 14/12/2015, o chefe da Casa Civil, Jose Megale, comunica ao presidente Marcio Miranda, que recebeu o Projeto de Indicação Nº 42/2015 de autoria de Scaff.

Em resumo: após aprovado em plenário o projeto seguiu os trâmites normais e encontra-se hoje no palácio do governo à espera de sanção do governador Simão Jatene.

Essa é a VERDADE. Sem tirar nem por.

O mandato do deputado José Scaff lamenta a conduta vexatória de plágio do deputado Celso Sabino, que prejudicou todo um trabalho parlamentar desenvolvido pelo gabinete do deputado do PMDB e mais ainda: lamenta que o deputado Celso Sabino, ao invés de pensar e usar a criatividade para elaborar projetos em prol da população do Estado, perca seu tempo copiando projetos de outros deputados já devidamente votados e aprovados em plenário.

A questão que incomoda é: como a Mesa Diretora da casa permitiu que um projeto já aprovado - matéria vencida, portanto, fosse novamente votada em plenário, dessa vez apresentado por outro autor? Com a resposta a presidência da casa".

2 comentários:

  1. me desculpem, mas brigar por esse projeto mostra o quanto nossos politicos estao perdidos, no meu modo de ver.A populacao nao tem hospital decente e querem fazer pra animais? quem quiser ter animal domestico que pague sua conta... e para os de rua existe o centro de zoonoses e outras instituicoes capazes de resolver o assunto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um hospital veterinário público seria ótimo pra cuidar da tua saúde mental que pelo visto não está indo muito bem.

      Excluir