VER-O-FATO: ARQUIVADA DENÚNCIA DO DEPUTADO JEAN WYLLYS CONTRA PESSEDISTA ÉDER MAURO

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

ARQUIVADA DENÚNCIA DO DEPUTADO JEAN WYLLYS CONTRA PESSEDISTA ÉDER MAURO

A Comissão de Ética da Câmara dos Deputados votou na tarde desta quarta-feira, à unanimidade, pelo arquivamento da denúncia movida pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) contra o deputado Delegado Éder Mauro (PSD-PA). A representação por quebra de decoro contra o deputado pessedista foi arquivada porque a denúncia apresentada por Jean não foi comprovada. 

"Desde o princípio a intenção foi discutir sobre o combate às drogas e não houve intuito de denegrir ninguém", declarou Éder Mauro após o resultado. Durante a votação, os membros da comissão foram unânimes, dizendo não ter ficado  claro que Éder Mauro não teve a intenção de denegrir Wyllys, e, sim, confrontá-lo porque o deputado psolista defendia a legalização das drogas no Brasil, durante debate ocorrido na CPI da Violência contra Jovens e Negros, em 2015. 

O processo havia sido instaurado baseado em uma representação da Mesa Diretora fundamentada em processo da Corregedoria da Câmara dos Deputados, que trata da divulgação de vídeo na página do Facebook de Éder Mauro. 

Na denúncia, Wyllys reclamou de possível autoria de Éder Mauro na edição de um vídeo em que eles debatem sobre a legalização das drogas no país, que viralizou nacionalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário