VER-O-FATO: Setembro 2017

sábado, 30 de setembro de 2017

EXCLUSIVO - JUSTIÇA INTIMA TRIBUNAL DE CONTAS A MOSTRAR RELAÇÃO DE IRREGULARES QUE USURPAM FUNÇÕES DE AUDITORES

Lourdes Lima foi intimada a mostrar relação de servidores
Parece não haver limites, no Tribunal de Contas do Estado (TCE), quando se trata de infringir a lei na prática de irregularidades sobre contratação de comissionados e temporários que atuam nas atividades de controle externo do órgão, usurpando funções que deveriam ser exercidas por auditores. Contudo, essa postura nociva da direção do TCE, que infringe a probidade administrativa, parece com os dias contados, se depender da vontade do juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública de Belém, Raimundo Santana, que pretende, com decisão tomada na última quarta-feira,28, botar ordem nessa bagunça que impera no órgão público, onde a sonegação de informações dá as cartas. 

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

EM SANTARÉM, GLEISI HOFFMANN, PRESIDENTE DO PT, AFIRMA QUE LULA SERÁ CANDIDATO "MESMO SE FOR CONDENADO EM SEGUNDA INSTÂNCIA"

Para a senadora, eleição sem Lula "é fraude"
Em entrevista ao jornalista Miguel Oliveira, do portal EstadoNet, de Santarém, a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) e senadora, Gleisi Hoffmann, que desembarcou hoje na "Peróla do Tapajós" para contatos políticos, foi taxativa: "o Lula será o nosso candidato, nós vamos lutar para isso. Mesmo uma sentença de segundo grau, de condenação, não é suficiente para impedi-lo de ser candidato, pois já tivemos outros casos no Brasil de candidatos que já foram autorizados a disputar eleição mesmo com sentença de segunda instância".

A INVESTIGAÇÃO DE CRIMES NO BRASIL E SUAS "PENEIRAS" SELETIVAS



João Carlos Monteiro Gonçalves *


Soltar balões, pondo em risco a segurança da aviação, fazer “gato” em redes elétricas, obstruir com barricada a via pública, impedindo o direito de ir e vir das pessoas, pichar muros e monumentos históricos, provocar rixas e badernas nos campos de futebol são apenas algumas das atrocidades à lei que, a rigor, não geram a punição de criminosos no Brasil. E sabe por que? Dentre outras razões, pelo simples fato de não existir, sequer, abertura de investigações para apurar tais ilícitos.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

INDIOS DA VENEZUELA PASSAM FOME EM BELÉM E MPF CORRIGE NÚMEROS POR ELE DIVULGADO

Os índios estão ao relento nas ruas de Belém



Texto e fotos: Cezar Magalhães
Fugindo da ditadura e terror do presidente venezuelano, Nicolas Maduro, mais índios da etnia Warao poderão desembarcar em Belém para juntar-se aos outros 54 que já se encontram na cidade. Contrários ao governo de Maduro, os indígenas procedem do município de Antonio Belo e em sua maioria são mulheres e crianças, algumas ainda de colo.

MARCA PAYSANDU É A SEGUNDA QUE MAIS CRESCE NO FUTEBOL BRASILEIRO: R$ 27 MILHÕES

Papão é sucesso de gestão. Só falta montar time à altura da torcida que tem


O Paysandu foi a segunda marca que mais cresceu no futebol brasileiro proporcionalmente nos últimos cinco anos, avaliada em R$ 27 milhões. O dado foi divulgado pela Consultoria BDO, através da 10ª edição da pesquisa Valor das Marcas e Finanças dos Clubes Brasileiros. Mais de 40 indicadores são levados em consideração para se chegar ao levantamento, com destaque para torcida, mercado e receita. 

2 MIL INDIOS DA VENEZUELA, FUGINDO DA DITADURA DE MADURO, ESTÃO CHEGANDO A BELÉM E PRECISAM DE AJUDA

Famílias indígenas venezuelanas já estão ao relento em área do Ver-o-Peso

O Ministério Público Federal (MPF), a Defensoria Pública da União (DPU) e a Defensoria Pública do Estado do Pará (DPE) encaminharam notificação a órgãos públicos para recomendar a tomada de providências para preparação de abrigo, ajuda humanitária e outras iniciativas de assistência em Belém (PA) aos indígenas Warao, que estão migrando da Venezuela para o Brasil.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

EM BELÉM, O RAIO X DA GESTÃO DE ZENALDO NA EDUCAÇÃO: 5 ANOS SEM ESCOLAS E CRECHES PARA CRIANÇAS

A prática do prefeito é recorrente e nada tem a ver com o discurso

A Defensoria Pública do Estado ajuizou uma ação civil pública contra a Prefeitura Municipal de Belém para garantir mais vagas em creches e escolas municipais. De acordo com a denúncia, ajuizada na segunda-feira (25), mais de 78 mil crianças, com idade de até 8 anos, estão fora da escola na capital. Em nota, a Prefeitura de Belém informou que investe na construção de novas escolas que devem ser entregues ainda este ano. 

INTERVENÇÃO MILITAR OU CIVIL?



Salvatore D' Onofrio *

"A esquerda deveria assinar um manifesto de apoio ao general?" pergunta J.R.Guzzo no artigo "Chegará a hora" (Veja, 27-9), comentando o recente pronunciamento de uma patente do Alto-Comando do Exército, que sustenta a necessidade de uma intervenção militar, caso os Três Poderes da nossa República (legislativo, executivo e judicial) não consigam resolver a gravíssima crise ético-política causada pela corrupção sistêmica e pela impunidade.

PF PRENDE HOMEM EM BELÉM QUE FORJAVA A PRÓPRIA MORTE PARA ENGANAR O INSS: PREJUÍZO ALCANÇA R$ 3 MILHÕES

O sujeito forjava a própria morte e tinha outras 50 pessoas, enganando o INSS

Você sabe o que é pseudocídio? Pois se não sabe, é um termo utilizado para a pessoa que forja a própria morte e adquire uma nova identidade. Em Belém, nesta manhã, a Polícia Federal realizou a "Operação Pseudocídio", que cumpriu um mandado de prisão preventiva, outro de condução coercitiva e o último de busca e apreensão.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

JATENE VOLTA DE MÃOS ABANANDO DA CHINA, DIZ "VEJA"


Deu agora na Coluna Radar, no site da revista Veja: "O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), foi à China buscar investidores que banquem a construção de uma ferrovia no estado, mas voltou de mãos vazias.

JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE 15 ENVOLVIDOS NAS 10 MORTES EM PAU D'ARCO

O juiz César Leandro Pinto Machado, da Comarca de Redenção, acatou a denúncia do Ministério Público do Estado e decretou a prisão preventiva de 15 policiais (13 militares e 2 civis) envolvidos no caso que ficou conhecido como “Chacina de Pau D'Arco”, em que 10 trabalhadores foram mortos durante operação policial realizada na fazenda Santa Lúcia, no município de Pau D’Arco, em maio deste ano.

ABORDAGEM PERTINENTE DE LÚCIO FLÁVIO: A OVERDOSE DO FILHO DE UM DOS DONOS DO GRUPO LÍDER E O SILÊNCIO GERAL DA IMPRENSA


Antes de minha viagem para Campinas (SP), onde proferi palestra sobre os 40 anos da Operação Prato e as luzes misteriosas que assustaram o Pará entre 1977 e 1978 - aguardem matéria sobre o assunto - eu pensava em escrever, quando retornasse da viagem, sobre a denúncia feita pela promotora de Justiça, Rosana Cordovil. 

RECIBOS DE ALUGUÉIS DE IMÓVEL OCUPADO POR LULA TÊM DATAS DE 31 DE JUNHO E NOVEMBRO. PODE ISSO, ARNALDO?

 
 



Tem algo de errado nos recibos de pagamento de aluguel de um apartamento ocupado pelo ex-presidente Lula, que o locador do imóvel, Glaucos da CostaMarques, diz nunca ter recebido. Num desses recibos está escrito que o aluguel havia vencido em "31 de junho de 2014", enquanto outro destaca que o vencimento ocorreu em "31 de novembro de 2015".

NO PAÍS DAS INJUSTIÇAS E DISCRIMINAÇÃO, 5% DOS MAIS RICOS DO BRASIL DETÉM A MESMA RENDA DE 95% DO POVO


O Brasil sempre foi, mas hoje está pior - e não se diga, a bem da verdade, que tudo é culpa do governo Temer, porque outros governos mais recentes, inclusive de esquerda, contribuíram para isto, com suas políticas concentradoras da renda nacional nas mãos de poucos -, um país injusto, apesar de possuir imensas riquezas que seriam capazes de resolver todos os nossos problemas e tornar o povo mais feliz.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

PARTIU CAMPINAS (SP), PARA FALAR SOBRE OS 40 ANOS DA OPERAÇÃO PRATO, QUE AGITOU O PARÁ NOS ANOS 70


O Ver-o-Fato faz uma pausa até segunda-feira, 25, porque seu redator e editor está de viagem para Campinas (SP), onde irá proferir palestra no XX Congresso Brasileiro de Ufologia, sobre os 40 anos da Operação Prato, a maior movimentação da história militar brasileira criada para investigar luzes misteriosas que desciam dos céus e sugavam o sangue das pessoas, no Pará e no Maranhão, entre 1977 e 1978.

DEPUTADO SCAFF ACUSA TUCANO CELSO SABINO DE COPIAR SEU PROJETO QUE CRIA HOSPITAIS VETERINÁRIOS PÚBLICOS DO PARÁ

Scaff: conduta vexatória de Sabino
Sabino: acusado de plágio por Scaff
O deputado José Scaff, do PMDB, está furioso, tiririca, com seu colega de parlamento, o deputado Celso Sabino, do PSDB. É que, na maior cara de pau. Sabino adotou "conduta vexatória, de plágio", segundo Scaff, ao copiar seu projeto de indicação, aprovado há 1 ano e 10 meses pela Assembleia Legislativa, para a implantação de Hospitais Públicos Veterinários no Estado do Pará. 

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

CORONEL DO EXÉRCITO E MAIS 6 SÃO CONDENADOS POR DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO EM OBRA NA RODOVIA SANTARÉM-CUIABÁ


As fraudes na obra atingiram montante de R$ 4 milhões: o crime é de peculato
Em julgamento realizado na terça-feira (19), o Superior Tribunal Militar (STM) condenou o coronel do Exército, Carlos Alberto Paccini Barbosa, e mais seis pessoas - um ex-tenente e cinco civis -, por envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro público em obras que estavam sob a responsabilidade do 8º Batalhão de Engenharia de Construção (8º BEC), quartel do Exército sediado em Santarém, oeste do Pará. 

EX-EMPREGADOS DA VIAÇÃO PERPÉTUO SOCORRO DENUNCIAM QUE EX-JUIZ CLASSISTA DO TRT8 NÃO PAGA INDENIZAÇÕES

Os ex-empregados da empresa só receberam metade das indenizações
O Ver-o-Fato recebeu denúncia de que 400 ex-empregados da Viação Perpétuo Socorro - que deixou de operar em Belém em 2013 - estariam comendo o pão que o diabo amassou nas mãos do empresário e ex-juiz classista do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8), Mário Martins Júnior, que não foi localizado pelo blogue para apresentar sua versão dos fatos.

MORDOMIAS E REGALIAS


Rodolfo Lisboa Cerveira

Diante dos clamores e reclamações, inicialmente enrustidos, setores da sociedade têm-se manifestado abertamente contra uma avalanche de privilégios – em geral financeiros - concedidos a uma parcela significativa da administração pública, adquiridos por iniciativa própria ou através de manobras com a colaboração de políticos sagazes, sempre prontos a oferecer seus préstimos em troca de uma contrapartida.

BICHO DE CASCO

Francisco Sidou - jornalista

De quando em vez alguns amigos querem saber o sentido da expressão "Bicho de Casco" que costumo usar de vez em quando. A propósito, reproduzo aqui artigo veiculado no conceituado Blog Espaço Aberto, do Paulo Bemerguy, por ocasião da campanha pela divisão (esquartejamento) do Pará em três quartos. Vale a pena ler de novo, acredito, como segue:

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

250 PERITOS CRIMINAIS, LEGISTAS E AUXILIARES DECIDEM POR NOVA PARALISAÇÃO ATÉ SEXTA-FEIRA


O governo sentiu a força de um movimento independente e coeso dos servidores


Sobrecarregados, no limite da exaustão física, além de mal pagos e ignorados pelo governo de Simão Jatene, cerca de 250 peritos oficiais - criminais e legistas - e auxiliares técnicos decidiram por uma nova paralisação de suas atividades em todo o Pará.

ESTAVA DEMORANDO: BLOQUEADORES DE CELULAR JÁ FUNCIONAM NOS PRESÍDIOS DE MARITUBA E SANTA ISABEL


A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) instalou bloqueadores de celulares em seis presídios de dois Complexos Penitenciários do Pará: em Marituba e Santa Izabel. O aparelho bloqueia o sinal telefônico dentro das unidades prisionais e é uma medida preventiva da Secretaria de Estado de Segurança Publica e Defesa Social do Governo do Estado no combate à violência e criminalidade. A ativação dos equipamentos ocorreu no final da tarde desta terça-feira, 19.

terça-feira, 19 de setembro de 2017

HOMEM PRESO EM ABAETETUBA POR ENGRAVIDAR FILHA COM SÍNDROME DE DOWN, DIZ QUE FOI O BOTO




A Polícia Civil prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, em Abaetetuba, nordeste paraense, Raimundo Farias, acusado de estuprar a própria filha menor de idade que tem síndrome de down. A prisão foi realizada no último final de semana por policiais civis da Superintendência Regional do Baixo-Tocantins. 

VIVINHO DA SILVA, APESAR DE DILMA E TEMER


Em 2011, o governo Dilma determinou e lá foram os aposentados, até velhinhos com 100 anos ou mais,  para a filla do INSS provar que estavam vivos. 

"OVERDOSE ENCOMENDADA" MUDA CASO SOBRE MORTE DE FILHO DE DONO DO GRUPO LÍDER

Rosana Cordovil reuniu provas para denunciar Michel por "overdose encomendada".
Voltou ao noticiário a morte por overdose, em fevereiro de 2015, de João de Deus Pinto Rodrigues, de 27 anos, filho de João Rodrigues, um dos proprietários da cadeia de Supermercados Lider. A promotora de justiça Rosana Cordovil, que atua na área criminal do Ministério Público, marcou coletiva com jornalistas para explicar detalhes da prisão e a denúncia que fará contra o traficante de drogas Jeferson Michel Miranda Sampaio. 

domingo, 17 de setembro de 2017

EXCLUSIVO - BOMBA: VEJA AQUI OS 1.200 NOMES DAS EMPRESAS BENEFICIADAS POR ATOS SECRETOS DO GOVERNO JATENE

Reunião na Sefa para "explicar" atos secretos foi patética e vergonhosa

Os atos secretos que o governo de Simão Jatene se recusa a publicar no Diário Oficial, burlando de maneira acintosa e criminosa a Constituição Federal, que determina a publicidade e divulgação dos atos do Executivo, estão servindo para o jornal "Diário do Pará" - que navega em sua edição deste domingo, mais uma vez, na exclusividade da denúncia feita pelo Ver-o-Fato aqui neste espaço, há mais de 20 dias - fazer seu habitual barulho político.

sábado, 16 de setembro de 2017

ZENALDO AMEAÇA ROMPER SEU IMOBILISMO E VETAR PROJETO DA CM QUE RECONHECE ABERRAÇÃO DO SOM AUTOMOTIVO


Com a notícia de que a Câmara Municipal de Belém teria aprovado na segunda-feira (dia 4) um projeto de lei que reconhece o som automotivo como patrimônio cultural e imaterial da capital paraense, os promotores de Justiça de Meio Ambiente de Belém, Nilton Chagas e Raimundo Moraes tomaram uma decisão.

A INTELIGÊNCIA ESPIRITUAL, O "PONTO DE DEUS" NO CÉREBRO: SAIBA O QUE É ISTO



No início do século 20, o QI era a medida definitiva da inteligência humana. Só em meados da década de 90, a descoberta da inteligência emocional mostrou que não bastava o sujeito ser um gênio se não soubesse lidar com as emoções.

A ciência começou o terceiro milênio com descobertas que apontam para um terceiro quociente, o da inteligência espiritual. Ela nos ajudaria a lidar com questões essenciais e pode ser a chave para uma nova era no mundo dos negócios e nas relações sociais.

SENADOR PAULO ROCHA FUSTIGA TEMER: "PASSOU DOS LIMITES EM ACABAR COM RESERVA AMBIENTAL NA AMAZÔNIA"


O senador Paulo Rocha (PT-PA) defendeu ontem em plenário projeto de decreto legislativo de sua autoria (PDS 171/2017) que susta os efeitos do decreto presidencial que extingue a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), na divisa de Amapá e Pará.

O decreto despertou polêmica ao ser editado, em agosto, por abrir para a exploração mineral uma área preservada de 47 mil quilômetros quadrados na Amazônia.

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

ERRATA: GREVE DE PROFESSORES NÃO FOI DECLARADA ILEGAL PELO TJE


A notícia, meus caros, publicada ontem pelo Ver-o-Fato, foi reproduzida do G1 Pará. Há razão nos reclamantes que alertaram o blogue pelo erro. A greve não foi declarada ilegal pelo Tribunal de Justiça do Estado, como informou o G1, sem que este até agora tenha feito a retificação.

MORRE NICIAS RIBEIRO



O ex-deputado Nicias Ribeiro, aos 68 anos, faleceu, deixando lembranças sobre as muitas estórias de sua vida como professor, político e pensador amazônico.

POLÍCIA PROCURA DONO POR MAUS TRATOS CONTRA BURRO, NO BAIRRO DA MARAMBAIA

Com o olho furado e outras marcas de crueldade, o animal foi resgatado


"Tanta criança vítima de abuso sexual e idoso maltratado pela própria família para ser defendido, e lá vem o blogue preocupando-se com um não humano, um burro  vitimizado por seu proprietário".

Um hipócrita, que nada faz por ninguém, nem por si mesmo, pensa dessa forma, esquecido, ou deliberadamente indiferente a isto, que o Ver-o-Fato tem constantemente denunciado violência contra crianças e idosos.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

TRIBUNAL FEDERAL PARALISA NOVAMENTE MINA DA VALE NO PARÁ POR DANOS A ÍNDIOS CAIAPÓ E XICRIN

O chão treme com o uso de bombas pela Vale, além  de outros danos ambientais e sociais
As atividades da mineradora Onça Puma, subsidiária da Vale que explora uma mina de níquel no município de Ourilândia do Norte, no sudeste do Pará, deverão ser suspensas por ordem do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). A ordem responde o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que sejam pesquisados os danos causados pela atividade sobre os índios Xikrin e Kayapó. Mais de 150 indígenas acompanharam o julgamento em Brasília. 

MOTORISTA EVERALDO SOUZA PROVA QUE VALE A PENA SER HONESTO

Everaldo e dona Anita: valor moral
A honestidade é um valor ou qualidade própria do ser humano que tem uma estreita relação com os princípios de verdade, justiça e com a integridade moral. O  filósofo chinês Confúcio (551 a.C.-479 a.C.) fez a diferença entre três níveis de honestidade.

TRIBUNAL DO PARÁ DECLARA ILEGAL GREVE DE PROFESSORES MARCADA PARA HOJE

Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJE-PA) acatou nesta quarta-feira (13) o novo pedido da liminar do governo do Pará da ação declaratória de ilegalidade da greve proposta pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Pará (Sintepp) e determinou ilegal a greve agendada para esta quinta-feira (14). 

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

REGIVALDO GALVÃO, O "TARADÃO", CONDENADO POR MANDAR MATAR IRMÃ DOROTHY, É PRESO EM ALTAMIRA

Galvão: pena de 30 anos foi objeto de recurso e ele perdeu. Foto Elivaldo Pamplona

O fazendeiro Regivaldo Pereira Galvão, o "Taradão", foi preso na tarde desta quarta-feira (13) em Altamira, sudeste do Pará, pela participação no assassinato da missionária norte americana Dorothy Stang no município de Anapu, em 2005. Ele prestou depoimento na Polícia Federal, foi encaminhado para o IML do município, onde fez exames, e deve ser encaminhado para uma unidade prisional do estado. 

ARQUIVADA DENÚNCIA DO DEPUTADO JEAN WYLLYS CONTRA PESSEDISTA ÉDER MAURO

A Comissão de Ética da Câmara dos Deputados votou na tarde desta quarta-feira, à unanimidade, pelo arquivamento da denúncia movida pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) contra o deputado Delegado Éder Mauro (PSD-PA). A representação por quebra de decoro contra o deputado pessedista foi arquivada porque a denúncia apresentada por Jean não foi comprovada. 

CÚPULA DA SEFA VOLTA A CONFESSAR QUE SONEGA INFORMAÇÕES PÚBLICAS SOBRE ATOS SECRETOS



Charles Alcântara *


Em almoço na Assembleia Legislativa do Estado do Pará, hoje, a cúpula da Secretaria da Fazenda (Sefa) voltou a confessar que não publica os atos concessivos do Regime Tributário Diferenciado porque outros Estados também não o fazem.

FUNCIONÁRIOS E APOSENTADOS VÃO PAGAR CONTA DE 14 BILHÕES POR ROMBO NA PETROS

Bandidos quebraram a Petrobrás e o fundo dos servidores deixou rombo

Funcionários e aposentados da Petrobrás vão pagar por 18 anos uma conta de R$ 14 bilhões por perdas registradas pela fundação de seguridade social da empresa, a Petros. O rombo total no caixa a ser coberto é de R$ 27,7 bilhões, parte dele gerada por maus investimentos, alguns investigados pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. A Petrobrás também vai ter de contribuir com R$ 13,7 bilhões, R$ 1,5 bilhão já no primeiro ano. 

terça-feira, 12 de setembro de 2017

"MUITO RUIM, UMA BOSTA", DIZ O ETERNO CAPITÃO GINO, SOBRE O ATUAL TIME DO PAYSANDU

Gino comandou esse timaço dentro de campo e tem moral pra criticar o atual elenco
O desabafo do zagueiro e capitão Gino -  ele tem moral para falar, porque liderou o time na histórica vitória contra o Boca Juniors, no La Bombonnera, em 2003, e foi também Campeão dos Campeões, em 2002 - contra o futebol medíocre e sem garra exibido pelo atual time do Paysandu, deveria pelo menos motivar a diretoria do clube a tomar uma providência para impedir o vexame que será o rebaixamento para a Série C. 

Gino falou em sua página no Facebook e o que ele diz deveria ser mostrado na preleção aos jogadores em cada uma das próximas partidas do time na Série B. Ele defende uma sacudida geral e fala até em mandar alguns pernas-de-pau embora.

"Há uma omissão no geral dos jogadores, é ridícula a performance dentro de campo, sem sangue, sem vontade, sem raça. O semblante deles após um jogo é como se estivesse tudo bem. Sempre falei que esse time do Paysandu era muito ruim e que a probabilidade de o time ser rebaixado seria grande, desde o início, até quando era líder", afirma o eterno capitão, símbolo do comprometimento e da dedicação total que deu ao Paysandu em sua histórica, sempre lembrada e gloriosa passagem por Belém. 

Segundo Gino, é preciso ter cuidado para não piorar as coisas, mas ele não deixa de registrar sua indignação diante de tantas derrotas dentro de casa, não apenas contra o elenco, mas também contra a diretoria, lembrando que o torcedor é movido por paixão e cobra resultados. "Mesmo eu estando à distância, é inaceitável essa completa tranquilidade e omissão dos jogadores".

Para Gino, não há uma cobrança direta de nenhum diretor, nem do treinador - o fraquíssimo Marquinho - , nem do presidente, em ver qual é o custo benefício desses jogadores para o clube. "O que é bom, fica; o que não é, rapa, manda embora. Dá um susto, manda dois, três embora", sugere o ídolo bicolor, que dentro de campo, quando vestiu a campeoníssima camisa azul e branco, nunca teve sangue de barata ou medo da fiel torcida, como os atuais jogadores.

Sempre no ataque, o raçudo capitão bicolor afirma que é preciso "tomar vergonha na cara e pelo menos honrar a camisa". Ele lembra que com vários jogos pela frente, o clube precisa fazer pelo menos 18 pontos para escapar do rebaixamento, mas, "com esse time, não faz 18 pontos". E mais: "desculpa eu estar falando isso, mas estou falando como torcedor, pois se eu fosse treinador, diretor ou presidente chamava todo mundo na chincha. Jogador que tá aí no banco ganhando um monte de dinheiro, sem fazer bosta nenhuma, manda embora".

E acrescenta: "se os que estão jogando estão uma merda, imagina quem não está jogando, é uma bosta e meia. O torcedor não pode aceitar isso, porque daqui a um ano, dois anos, o nosso espelho vai ser o mesmo do Baenão, aquela merda do outro lado, se a gente deixar isso acontecer". Por fim, Gino diz que ao assistir o jogo do Paysandu teve "vontade de desligar a televisão", porque "é inadmissível, ridículo, ver esses jogadores vestindo a camisa do Paysandu".

Palavras contundentes, mas verdadeiras, do eterno Campeão dos Campeões, Gino. 

 

E O TEMER, HEIN? METIDO EM NOVO ROLO: PF DIZ QUE ELE RECEBEU 31,5 MILHÕES EM PROPINA

A denúncia da PF pegou esse trio em cheio. E haja explicações
A Polícia Federal concluiu e enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira o inquérito que investiga o chamado PMDB da Câmara”, grupo de deputados e ex-deputados do partido – incluindo o presidente Michel Temer (PMDB) e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) pelo crime de organização criminosa. 

A PF atribui ao grupo as práticas dos delitos de corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro, entre outros. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo o relatório da PF afirma que o presidente recebeu 31,5 milhões de reais em propina a partir da suposta atividade criminosa do grupo.

No relatório, relativo ao inquérito 4327, os investigadores incluem ainda os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha (RJ) e Henrique Eduardo Alves (RN) e o ex-ministro Geddel Vieira Lima, os três presos. 

O documento já foi enviado ao Ministério Público Federal e deve ser um dos elementos que subsidiarão nova denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra Temer, a ser apresentada até sexta-feira – no próximo dia 17, ele deixa o cargo, que passará a ser ocupado por Raquel Dodge.

“Integrantes da cúpula do partido supostamente mantinham estrutura organizacional com o objetivo de obter, direta e indiretamente, vantagens indevidas em órgãos da administração pública direta e indireta”, disse a PF em nota, que acrescenta que “o grupo agia através de infrações penais, tais como: corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, evasão de divisas, entre outros crimes cujas penas máximas são superiores a 4 anos”.

Considerado operador de propinas do PMDB, Lúcio Funaro também foi citado no relatório. Ele fechou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República, homologado na semana passada pelo relator da Operação Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin.

Em seus depoimentos, Funaro afirmou que Temer não apenas sabia dos esquemas de corrupção do partido como participou deles, recebendo propinas ou intermediando dinheiro ilícito a campanhas de aliados. As revelações do doleiro também devem ser usadas por Janot na denúncia contra o presidente.

Conforme o Estado de S. Paulo, os 31,5 milhões de reais supostamente recebidos pelo peemedebista teriam se dividido entre os 500.000 reais entregues ao ex-assessor presidencial Rodrigo Rocha Loures por um executivo da JBS, os 10 milhões de reais que a Odebrecht teria pago a campanhas do PMDB a pedido de Temer, 20 milhões de reais referentes ao contrato PAC SMS da diretoria Internacional da Petrobras, feudo do partido na estatal, e 1 milhão de reais que teria sido entregue ao coronal aposentado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, amigo de longa data de Michel Temer.

O relatório ainda cita, de acordo com o jornal, o repasse de 5,4 milhões de reais à campanha de Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo, em 2012, que teria sido pedido por Temer, e doações oficiais e de caixa dois à campanha de Paulo Skaf ao governo paulista em 2014. 

Os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha e o ex-ministro Geddel Vieira Lima atuariam, de acordo com a PF, como “longa manus” do presidente na arrecadação de recursos ilícitos junto a grandes empresas.

O presidente se manifesta

O presidente Michel Temer (PMDB) emitiu uma nota nesta terça-feira afirmando que “facínoras roubam do país a verdade”, sem dizer a quem se refere. A manifestação, divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, ocorre um dia após a Polícia Federal (PF) concluir um relatório em que acusa o peemedebista de receber 31,5 milhões de reais em propinas.

O documento já foi enviado ao Ministério Público Federal e deve ser um dos elementos que subsidiarão nova denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra Temer, a ser apresentada até sexta-feira – no próximo dia 17, ele deixa o cargo, que passará a ser ocupado por Raquel Dodge

Nesta quarta-feira, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgará um novo pedido de suspeição feito pela defesa de Temer contra Janot. A expectativa é de que a Corte mantenha o procurador-geral à frente das investigações relacionadas ao caso da JBS.

No comunicado, Temer declara que o “estado democrático de direito existe para preservar a integridade do cidadão, para coibir a barbárie da punição sem provas e para evitar toda forma de injustiça”. “Nas últimas semanas, o Brasil vem assistindo exatamente o contrário”, afirma.

O presidente diz que “garantias individuais estão sendo violentadas, diuturnamente, sem que haja a mínima reação”. “Chega-se ao ponto de se tentar condenar pessoas sem sequer ouvi-las. Portanto, sem se concluir investigação, sem se apurar a verdade, sem verificar a existência de provas reais. E, quando há testemunhos, ignora-se toda a coerência de fatos e das histórias narradas por criminosos renitentes e persistentes”, afirmou.

CABO DA PM É TORTURADO E MORTO NA FRENTE DA FAMÍLIA, EM PARAUAPEBAS


Defender a população e enfrentar bandidos cada vez mais bem armados, eis a encruzilhada em que vivem milhares de homens da Polícia Militar do Pará que, todos os dias, arriscam suas vidas nas ruas, combatendo criminosos de todos os tipos, alguns deles extremamente cruéis. 

Leiam o que quatro desses bandidos fizeram com um PM, na noite de ontem, no município de Parauapebas: o cabo da Polícia Militar identificado como Raimundo Nonato Oliveira de Souza, foi torturado e morto na frente da família no bairro Cidade Jardim, município de Parauapebas, sudeste do estado. 

Por volta das 23h de segunda-feira quatro assaltantes invadiram a casa do cabo que se preparava para dormir. A vítima passou a ser torturada e foi alvejada com tiros depois que os assaltantes descobriram que se tratava de um PM. Na manhã desta terça-feira dois suspeitos foram presos.


De acordo com informações da Polícia Civil os assaltantes após descobrirem que Raimundo se tratava de um PM, pois a farda da vítima estava estendida na sala da casa, passaram a pedir a arma do policial que a entregou aos bandidos. Depois, com uma faca, três deles passaram a cortar as pernas do policial e depois alvejá-lo com quatro tiros.


O cabo ainda conseguiu pular uma janela da casa e sair para a rua para pedir ajuda. Foi quando os bandidos fugiram em um carro levando a arma e eletrodomésticos da casa. Um dos bandidos ainda tentou estuprar a filha do PM, mas não conseguiu e fugiu.


O cabo ainda foi levado com vida para o Hospital Geral de Parauapebas, mas não resistiu e morreu assim que deu entrada na unidade de saúde. Raimundo Nonato Oliveira de Souza integrava o efetivo da corporação há 23 anos. O militar tinha em seu currículo, reconhecimento elogioso do comando do 23° Batalhão e da população do município.


Na manhã desta terça-feira (12), foram detidos dois suspeitos de envolvimento no caso. Os homens foram encaminhados à delegacia de Parauapebas.(Do Ver-o-Fato, com informações do G1 Pará)

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

PROMOTOR MILITAR DENUNCIA 6 PMs ACUSADOS DE MATANÇA EM BELÉM E REGIÃO


A promotoria militar denunciou à Justiça seis policiais da PM envolvidos na onda de crimes que,  entre os dias 20 e 21 de janeiro deste ano, mataram mais de 20 pessoas na região metropolitana de Belém, logo após a morte do soldado da Rotam, Rafael Costa, baleado por ocasião de uma ação policial.

Segundo o promotor militar Armando Brasil Teixeira, a participação dos denunciados comprova a existência de "verdadeira organização criminosa que se instalou dentro da Polícia Militar". Os denunciados são os cabos Heleno Arnaud Carmo de Lima, Romero Guedes Lima; Wesley Favacho Chagas, o subtenente Marco Antonio dos Santos Cardoso, e os soldados Reutman Coelho Spindola e Michel Megaron Nascimento do Nascimento.

Os seis acusados foram presos com outros oito civis na última terça-feira, dia 5, durante operação realizada conjuntamente pelas Polícias Militar e Civil, que há oito meses investigavam chacinas ocorridas em Belém e na região metropolitana por grupos de extermínio. 

O Ver-o-Fato teve acesso à íntegra da denúncia, mas como há várias testemunhas que identificaram os criminosos após as matanças, elas não podem ter seus nomes divulgados, até porque estariam sofrendo ameaças de morte. Por medida de segurança, o blogue prefere omitir esses nomes, como determina a ética jornalística. 

Ainda de acordo com a denúncia, o cabo Heleno Arnaud, o "cabo Leno" - conforme o Ver-o-Fato antecipou com exclusividade na semana passada, era quem chefiava a "Milícia da Pedreira", também conhecida por "M" da Pedreira, aterrorizando não só o bairro do "samba e do amor", como outros bairros próximos, onde era muito temido. Ele também mantinha rixa com seus comparsas de crimes, tanto que chegou a ser baleado, em agosto passado, internando-se em um hospital particular. 

Além de orquestrar e executar os homicídios, "cabo Leno", segundo a promotoria militar, utilizava viaturas, armas e munição da PM em sua emnpreitada criminosa, bem como, juntamente com outros denunciados, praticava furto qualificado, peculato e concussão. 

Os homicídios e delitos de milícias são crimes que fogem à esfera da promotoria militar. Em vista disso, os inquéritos policiais devem ser encaminhados ao Ministério Público para denúncia à Justiça Comum. 

Nos autos da denúncia contra os militares constam cerca de 20 celulares apreendidos. Esses telefones foram encaminhados para o Departamento da Polícia Federal, em Brasília, para perícia e quebra do sigilo das conversas realizadas pelo aplicativo Whatsaap, tecnologia inexistente em Belém. 

Em algumas dessas conversas pelo "Zap", o "cabo Leno" e o cabo Romero Guedes coagem e intimidam pessoas, ameaçando-as. Ao final da denúncia, Armando Brasil pede ao juiz militar que retire o sigilo dos autos.

Veja abaixo trechos da denúncia contra os seis militares: