VER-O-FATO: TRANSPORTE CLANDESTINO DE MINÉRIO ESCONDE BANDALHEIRA NO PARÁ

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

TRANSPORTE CLANDESTINO DE MINÉRIO ESCONDE BANDALHEIRA NO PARÁ

Na imagem da TV Liberal, o caminhão apreendido em Parauapebas com manganês


Tem sido praticamente comum a apreensão de minérios no sul e sudeste do Pará transportados e comercializados de forma clandestina. Duas notícias do Portal G1 Pará, uma de hoje e outra de abril passado, levantam o véu de uma ilegalidade que está alimentando criminosos e fortunas. 

Há inclusive agentes públicos no esquema, o que as duas notícias não dizem. E quem fiscaliza isso? Bem, é coisa para matéria ampla. Mas, por hora, fiquemos apenas nas duas informações do G1.

Em Parauapebas, no sudeste do estado, um caminhão carregado com minério foi apreendido pela Polícia Militar na noite de quinta-feira (24).
O minério, que seria manganês, foi levado para a Delegacia da Polícia Civil da cidade. O carregamento será periciado. 

O minério vinha da zona rural de Parauapebas para o centro da cidade. Ainda não se sabe o destino do carregamento. Na abordagem, o motorista do caminhão não apresentou documentação sobre a legalidade do material.
O condutor detido. Segundo a polícia, o transporte ilegal de minério é crime ambiental. 

No dia 9 de abril passado, um caminhão de transporte de minério de cobre foi aprendido pela Polícia Militar e apresentado na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas. Em depoimento, o motorista do caminhão declarou que o comando da Polícia Militar de Parauapebas tinha conhecimento e que teria permitido o transporte irregular do minério. 

O condutor afirmou ainda que a extração do cobre teria sido feita em uma área na zona rural de Canaã dos Carajás e seria transportado para um pátio de estocagem em Curionópolis. O caminhão está apreendido na Delegacia de Parauapebas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário