terça-feira, 4 de julho de 2017

PROMOTOR MILITAR INVESTIGA OMISSÃO DE EFICIÊNCIA DOS BOMBEIROS NO INCÊNDIO EM CASTANHAL; DONO DE LOJA GRAVA REVOLTA EM ÁUDIO

A loja foi destruída: bombeiros sem condições de trabalho em Castanhal. Vergonha.
  

O promotor de Justiça Militar Armando Brasil Teixeira mandou instaurar Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar suposto crime de omissão de eficiência da forca, no incêndio ocorrido no centro comercial do município de Castanhal, no último domingo (2). Duas lojas foram atingidas pelo incêndio que iniciou por volta de 11horas.


O proprietário de uma das lojas que pegou fogo em Castanhal, José Maria Martins, em entrevista a um veículo de comunicação (ouça o áudio, acima), afirmou que era possível deter as chamas antes de chegar às proporções que chegou. Segundo ele o Corpo de Bombeiros de Castanhal "não estava preparado, faltou estrutura".

“Conforme relatos do proprietário, se não fossem duas viaturas, uma de Santa Izabel e uma de São Miguel do Guamá, o quarteirão inteiro teria queimado. Por isso vamos investigar essa situação”, afirmou  Armando Brasil


O crime de omissão de eficiência da forca está previsto no artigo 198 do Código Penal Militar. Um ofício da Promotoria Militar já foi encaminhado ao comandante do Corpo de Bombeiros Militar. Segundo o promotor, no final    da apuração poderá ser impetratada ação civil pública de improbidade administrativa contra os gestores do Corpo de Bombeiros Militar (CBM). 

"Não é de hoje que se tem notícia do sucateamento do Corpo de Bombeiros", disse Brasil. No áudio, um dos donos da loja destruída foi taxativo: " os bombeiros vão desfilar no dia 7 de Setembro cheios de viaturas e equipamentos, mas a verdade é que somente um carro está disponível em Castanhal. Estou revoltado com essa falta de estrutura. Minha loja podia ter sido salva e até a do vizinho".

2 comentários:

  1. Infelizmente essa é a realidade,aqui em Belém não é diferente o Residencial Natalia Lins está sujeito de uma grande catástrofe caso venha ter um incêndio nas suas dependências,por que,não tem extintores em dia e hidrantes de paredes regulamentado ou seja com os devidos equipamentos dos hidrantes.Segundo informe os Bombeiros de Belém já notificaram,todavia,continua do mesmo jeito.Será que a propina tá correndo solta em oficiais e sindico,é bom verificar,,antes que aconteça uma tragédia.Papo de Dr...

    ResponderExcluir
  2. Tivemos um incêndio na cozinha do nosso apartamento dia 18 de Dezembro passado. Quando liguei para os bombeiros a resposta veio de imediato: senhora não temos viatura...

    ResponderExcluir