terça-feira, 25 de julho de 2017

PISTOLEIROS MATAM PREFEITO DE TUCURUÍ COM QUATRO TIROS

Jones Willian acompanhava uma operação tapa-buraco quando foi morto

O prefeito de Tucuruí, município do sudeste paraense, Jones Willian, do PMDB, foi morto a tiros por volta das 4 horas desta tarde, quando acompanhava uma operação tapa-buraco da prefeitura, numa estrada que dá acesso ao aeroporto. Dois pistoleiros em uma motocicleta pararam perto de Jones, de 42 anos, e um deles desferiu quatro tiros, tendo uma das balas atingido a cabeça do prefeito. 

Ele ainda chegou a ser levado para um hospital da cidade, mas morreu antes de entrar na sala de cirurgia, segundo informações apuradas pelo Ver-o-Fato. Homens da Polícia Militar chegaram ao local do crime minutos depois, mas os criminosos já haviam fugido. O delegado Sandro Rivelino, de Tucuruí, confirmou o atentado e deslocou-se para o local para apurar as causas, ouvir testemunhas e coletar as primeiras informações. Ele já abriu inquérito. 

A polícia recolheu no local do atentado um chapéu manchado de sangue, que segundo testemunhas era usado por Jones na hora em que foi baleado. Um automóvel do prefeito também estava no local. cápsulas de balas foram encontradas na estrada e serão periciadas.

Jones William foi eleito prefeito com 31.268 votos, que representam 53.50% dos votos válidos. Ele era investigado pelo Ministério Público Federal, que havia pedido seu afastamento por improbidade administrativa. 

Segundo o MPF, Jones é suspeito de estar direcionando contratos e licitações para um empresário local. No dia 11 passado, o Tribunal de Justiça mandou desbloquear os bens dele e do empresário citado na denúncia do MPF.


Segundo prefeito morto

Este foi o segundo caso de prefeito assassinado na região sudeste do Pará em dois meses. No dia 16 de maio o prefeito Diego Kolling (PSD), da cidade de Breu Branco, que fica a 38 km de Tucuruí, foi morto enquanto pedalava uma bicicleta na companhia de amigos em um trecho da rodovia PA-263, que liga Tucuruí a Goianésia do Pará. 

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, por volta de 7h30, a vítima, de 34 anos, teria recebido um tiro no lado direito do peito e chegou a ser socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. Do Ver-o-Fato, com informações do G1.

Informação atualizada

O Ministério Público de Tucuruí soltou nota pedindo que a Polícia Federal entre no caso para ajudar a identificar e prender os autores da morte do prefeito e os mandantes. 

Os matadores não estavam encapuzados e chegaram ao local do crime de "cara limpa", segundo testemunhas. Duas testemunhas já estão colaborando com as investigações policiais. Uma delas já está na delegacia, prestando depoimento.

"Perdeu, perdeu", teria sido a frase pronunciada pelos assassinos de Jones Willian, segundo as testemunhas. Os pistoleiros agiram com frieza, chegando a pedir que pessoas que estavam no local se afastassem antes de atirar contra o prefeito. 

O prefeito não estava acompanhado de seguranças no momento do atentado. Um radialista da rádio Floresta FM, agora há pouco, comentou que Jones esteve em maio passado no enterro do prefeito de Breu Branco, Diego Kolling, também morto por pistoleiros. 

"Ele me disse que torcia para que a violência que vitimou o prefeito de Breu Branco não chegasse a Tucuruí", disse o radialista Osvaldo Araújo.

O corpo de Jones está no IML, onde a necropsia está sendo feita. Uma multidão está na frente do órgão. O vice prefeito, Artur Brito, chegou ao local muito abalado, dizendo que demorou a acreditar que Jones havia sido assassinado. Brito deve assumir a titularidade do cargo ainda esta semana.

7 comentários:

  1. Os criminosos ficarão impunes como ficaram vários crimes no estado, nesse governo Jatene. Uma vergonha esse governador, de muita propaganda e nenhuma ação na segurança pública, saúde, educação...

    ResponderExcluir
  2. Esse Governador omisso ainda alega que o Pará näo necessita da Força nacional é porque ele tem segurança 24 horas...governo hipócrita

    ResponderExcluir
  3. Senhor governado Jatene, como cidadão e morador de BELÉM,atingido por essa violência que descambou no Pará e em Belém, venho por meio da vontade do povo, solicitar que você DISPENSE TODOS OS SEUS SEGURANÇA, POLICIAS MILITARES E COMECE A ANDAR NAS RUAS DE BELÉM e do Pará, igual a um cidadão comum que vive por aqui.Só assim você sentirá na pele a sua Segurança Pública que você desgoverna.

    ResponderExcluir
  4. Parabens vossa excelência jatene, continue assim, porque foi o povo que elegeu o senhor, então merecem o governante que tem...

    ResponderExcluir
  5. O que esta me cucando foi esse homem preso suspeito da morte do Jones e depois que chegou em tucurui foi liberado. Ele confessou o crime e depois negou sera se nao ja esta é morto pq queima de arquivo. Alguem sabe de alguma noticia. Muito estranho isso

    ResponderExcluir
  6. A violência não esta só no Pará, esta em todo o pais, criminosos dominam nosso pais de norte a sul, somos governados por bandidos.

    ResponderExcluir