quarta-feira, 5 de julho de 2017

JUSTIÇA REDUZ DÍVIDA DO GRUPO YAMADA COM BANCO SAFRA DE R$ 84 MILHÕES PARA R$ 8 MILHÕES

O Grupo Yamada passa por recuperação judicial e ajustes internos
 
Deu hoje na "Coluna do Brod", do jornal "O Estado de São Paulo", a seguinte notícia: a rede de supermercados paraense Y Yamada, em recuperação judicial, conseguiu, na Justiça, reduzir sua dívida com o banco Safra, de cerca de R$ 84 milhões, para R$ 8 milhões. 

"O entendimento do advogado Paulo Calheiros, do escritório Paulo Calheiros Advogados, foi de que os encargos remuneratórios e a metodologia de cálculo do saldo devedor em relação à dívida do supermercado com o banco estavam em desacordo com a lei". 

Na sentença, o juiz argumentou que "cláusulas contratuais ilegais podem ser revistas quando trazem desequilíbrio. O Safra não comentou".

Nenhum comentário:

Postar um comentário