VER-O-FATO: Maio 2017

quarta-feira, 31 de maio de 2017

EXCLUSIVO - FAZENDEIRO DA SANTA LÚCIA PEDIU EM CARTA AO DELEGADO-GERAL PROVIDÊNCIAS CONTRA INVASORES ARMADOS

No dia 20 de abril, prisões foram realizadas pela PM durante reintegração de posse
 
Vinte e dois dias antes das mortes na fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco, proprietário da área, Honorato Babinski Filho, pediu apoio policial e narrou as ameaças que ele e os empregados estavam sofrendo. O ofício foi enviado para o delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino. 

OS MESTRES INVISÍVEIS DA POLÍTICA



Em respeito ao princípio de que o Ver-o-Fato é hoje um site-blogue nacional, pois cerca de 31% dos acessos de seus leitores, segundo Google, procedem das regiões sul, sudeste e centro-oeste do país - e ainda devido ao fato de receber colaborações de articulistas cujo perfil de assuntos interessa ao nosso público -, nada mais do que justo publicar essas visões de mundo, até mesmo para ensejar o salutar debate.


Soraya Lunardi e Dimitri Dimoulis *


Fazer política significa decidir, criar normas, guiar a sociedade e, nas democracias, representar a vontade popular. Nada disso ocorre na atual política brasileira. Temos a impressão que diminui mais e mais o grau de autonomia dos políticos em relação aos grandes empresários e os banqueiros. Como isso interfere na nossa democracia constitucional?

terça-feira, 30 de maio de 2017

RELATO DE TESTEMUNHA A PROCURADOR E CPT, SOBRE MORTES EM FAZENDA, INCRIMINA POLICIAIS

No dia 26 passado, dois dias após a morte de dez pessoas na fazenda Santa Lúcia, uma das testemunhas que estava na área e sobreviveu, prestou depoimento ao procurador da República, Igor Spíndola e ao coordenador da Comissão Pastoral da Terra (CPT) do sul do Pará, José Batista Gonçalves Afonso. Ela acusa os policiais de chegarem atirando e gritando “não corre, não, porque vai todo mundo morrer” e “bota a mão na cabeça para morrer”.

TRÊS ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA DO PARÁ "LAVARAM" R$ 8,9 MILHÕES DE PROPINA, SEGUNDO DELATOR DA JBS

Helder e Jader: mais um rolo envolvendo a JBS
Três empresas paraenses foram citadas na delação premiada do ex-diretor de relações institucionais e governo da J&F, controladora do grupo JBS, Ricardo Saud. Segundo o delator, cerca de R$ 8.980.000 foram lavados nessas empresas por meio de notas fiscais falsas. 

25 DOS 29 POLICIAIS JÁ FORAM OUVIDOS SOBRE MORTES EM PAU D'ARCO


O Ministério Público informa que um total de 25 policiais, entre civis e militares, foram ouvidos até agora pelos promotores que acompanham o caso das mortes na fazenda Santa Lúcia, município de Pau D’arco, no último dia 24. Entre eles está o delegado Renato Batista Toledo Duran e o comandante do 7º Batalhão da PM de Redenção, Carlos Kened Gonçalves de Souza.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

VALE E NORTE ENERGIA, AS BENFEITORAS DO PARÁ


É um filme de horror social: Mais de 20 mil demitidos após a construção da hidrelétrica de Belo, em Altamira e Vitória do Xingu. Pelas ruas das duas cidades, abandono, desalento e fome. A Norte Energia nada diz sobre isso. Calar é preciso.

MPF FAZ OITO PERGUNTAS AOS INVESTIGADORES DE MORTES EM FAZENDA

Policiais durante perícia na fazenda Santa Lúcia: MPF questiona
 
"A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, integrou missão emergencial que esteve no município de Redenção (Pará), onde, na última quarta-feira (24), dez pessoas foram mortas por policiais civis e militares. Diante dos fatos observados, a PFDC apresenta indagações, que acredita serem respondidas no curso das investigações: 

FONTELES CITA TESTEMUNHAS E DELEGADO EM "CHACINA"; MIRANDA DIZ QUE É MENTIRA

Ex-vereador Paulo Fonteles: "foram sobreviventes que disseram"
Delegado Antonio Miranda: "calúnia, injúria e difamação"

O ex-vereador Paulo Fonteles Filho, que também é integrante da Comissão da Verdade no Pará, publicou em sua página no Facebook o seguinte comentário a respeito de dez mortes ocorridas na fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco, na última terça-feira,dia 23.

MATÉRIA DO BLOGUE SOBRE MORTES EM FAZENDA SUPERA 60 MIL ACESSOS EM 24 HORAS


 



A série de matérias que tem sido publicadas pelo blogue sobre as mortes na fazenda Santa Lúcia produz um interesse cada vez maior dos leitores, interessados em saber o que ocorreu em Pau D'Arco, onde se localiza a propriedade, e como estão as investigações sobre o caso.

https://www.facebook.com/radionet.assistencia/
Ontem, durante a tarde, e hoje, já pela manhã - com perspectiva de acessos ainda maiores no decorrer do dia - o Ver-o-Fato, segundo informações do Google, que hospeda o blogue, registrou o maior número de acessos no Brasil de uma página jornalística, no domingo.

A postagem "Três de dez mortos em Pau D'Arco eram acusados de matar fazendeira, em 2003", no domingo, conforme painel do Google acima, gerou 45.286 visualizações. Hoje, 29, até as 10h29, já foram 15.041 visualizações. Um total superior a 60.000 acesos em menos de 24 horas.

O que isto significa? Significa, além de confiança e credibilidade nas informações apuradas e publicadas pelo Ver-o-Fato, que devemos honrar e respeitar cada vez mais nossos leitores, produzindo matérias autênticas, sem "fake" ou boatos, mas baseadas na realidade dos fatos.

Muito obrigado por acreditar em nosso trabalho jornalístico.



domingo, 28 de maio de 2017

O ASSASSINATO DE DONA IRAILDES MACIEL, A FAZENDEIRA; VEJA A PRONÚNCIA DA JUSTIÇA


Juiz Edivaldo Saldanha presidiu o processo e fez a pronúncia dos acusados. Júri será marcado.

Eis a sentença de pronúncia, na íntegra, do juiz de Rio Maria, Edivaldo Saldanha Sousa, sobre a morte da fazendeira Iraildes Maciel, em 2003, por um grupo armado de invasores da propriedade dela. A mulher foi assassinada a mando do ex-marido, de quem havia se divorciado. Dá para ver - conforme matéria anterior do blogue - que três dos dez mortos na última terça-feira, 23, na fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco, aparecem como réus, diretamente envolvidos no assassinato de Iraildes e na tentativa de assassinato contra um empregado.

EXCLUSIVO: TRÊS DE DEZ MORTOS EM PAU D'ARCO ERAM ACUSADOS DE MATAR FAZENDEIRA, EM 2003


"Tonho, ou Toin", morto dia 23, era acusado de matar fazendeira e iria a juri

Carlos Mendes


Três dos dez mortos na fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco, sudeste do Pará, na última terça-feira, já respondiam a processo pela morte de uma fazendeira e de seu empregado, sendo que dois foram pronunciados pelo juiz Edivaldo Saldanha Sousa, da comarca de Rio Maria, e iriam a júri popular, faltando apenas marcar a data do julgamento. Eles, segundo a denúncia do Ministério Público, teriam recebido R$ 70 mil e uma caminhonete como pagamento pela morte da fazendeira.

sábado, 27 de maio de 2017

MORTES NA FAZENDA SANTA LÚCIA: A HIPOCRISIA NACIONAL NO ROTEIRO DE UM VELHO FILME


Como se já não bastassem algumas daqui, as autoridades de Brasília padecem de um cretinismo incurável quando alguma chacina, confronto, tragédia ou coisa que o valha ocorre na velha e sangrenta luta pela posse da terra no Pará, sobretudo nas regiões sul e sudeste do estado. 

Depois de a casa arrombada, aparecem os omissos, que nada fizeram para prevenir os conflitos e os confrontos, derramando indignação por todos os poros, dizendo-se chocados, aterrorizados com tanta crueldade. 

sexta-feira, 26 de maio de 2017

GENERAL AFASTA 29 POLICIAIS ENVOLVIDOS EM MORTES NA FAZENDA SANTA LÚCIA

Os mortos foram sepultados esta manhã em Redenção e Pau D'Arco
Objetos e utensílios dos invasores foram abandonados na fazenda



O secretário de segurança do Pará, o general aposentado Jeannot Jansen, determinou ontem o afastamento dos 29 policiais – 21 militares e 8 civis – envolvidos no confronto que resultou na morte de dez invasores dentro da fazenda Santa Lúcia, a 35 km da cidade de Pau D'Arco, no sudeste do estado. Eles não podem mais participar de qualquer missão policial e devem colaborar com as investigações que estão sendo feitas pela polícia civil para esclarecer os fatos. Dependendo do que for apurado, poderão voltar ao serviço ou ser definitivamente afastados.

SEGURANÇA DA SANTA LÚCIA FALA NA POLÍCIA DE 50 HOMENS ARMADOS E "COQUETEL MOLOTOV" NO INCÊNDIO DE CASAS

Em depoimento prestado no dia 23 de maio, véspera das dez mortes ocorridas na fazenda Santa Lúcia, um dos seguranças da propriedade, Ray Souza Carneiro, 24 anos, compareceu para denunciar uma nova invasão ao local. Era o mesmo grupo, de entre 30 e 50 pessoas "todas armadas".

Carneiro relata que os invasores chegaram atirando e os oito seguranças entraram em uma das casas, refugiando-se, "para economizar munição". Depois de um tempo de disparos contra a casa, os invasores "começaram a jogar coquetel molotov no telhado, o que fez com que a casa pegasse fogo".

quinta-feira, 25 de maio de 2017

PERITOS PROCURAM CÁPSULAS DE BALAS E MARCAS DE SANGUE NA FAZENDA SANTA LÚCIA

As autoridades estiveram na fazenda e viram o cenário de guerra
Mais reuniões e conversas, desta vez na OAB de Redenção
O chefe do MP no Pará, Gilberto Valente, foi de helicóptero
Mais reuniões, desta vez com deputados na sede da Alepa


Peritos do "Renato Chaves" estiveram durante a tarde de hoje na fazenda Santa Lúcia, onde 10 pessoas foram mortas, para recolher cápsulas de bala, marcas de sangue e outras informações que possam contribuir para a elaboração do inquérito policial já aberto para apurar o que de fato ocorreu naquela propriedade. O trabalho foi acompanhado pelo procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Pará, Gilberto Valente, o promotor de Redenção, Erick Fernandes, além dos procuradores da república em Brasília, Deborah Duprat e Igor Spindola. 

GENERAL PROMETE "APURAÇÃO ISENTA" DE 10 MORTES E SOBREVIVENTES ATACAM OPERAÇÃO


Jeannot Jansen: "não vamos ser hipócritas"

Uma força tarefa, com apoio dos ministérios públicos federal e estadual começou a investigar as circunstâncias que redundaram na morte de dez pessoas na manhã de quarta-feira,24, dentro da fazenda Santa Lúcia, a 35 km da cidade de Pau D'Arco, no sudeste do Pará, durante suposto confronto entre policiais militares, civis e um grupo de 40 invasores da propriedade.

EXCLUSIVO: FETRAF RETIROU APOIO A INVASORES DA FAZENDA SANTA LÚCIA AO SABER QUE ELES PARTIRAM PARA A LUTA ARMADA


O Ver-o-Fato teve acesso a um documento importante para esclarecer as 10 mortes ocorridas na fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco, ontem. É da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), que apoiava a luta dos agricultores da região pela desapropriação da área. 

No dia 4 de maio passado, após descobrir que havia um grupo numeroso na área invadida que havia optado pela luta armada, a Fetraf informou que iria retirar de pauta a luta da entidade junto ao Incra a favor da desapropriação.

O QUE HOUVE NA FAZENDA SANTA LÚCIA, CHACINA OU CONFRONTO? INVESTIGAÇÕES ABERTAS


Armas apreendidas, fazenda destruída: tudo sob apuração.
Chacina ou confronto? Grupo desarmado contra policiais militares e civis fortemente armados? Grupo estava armado e recebeu polícia a tiros, havendo revide? Onde e de que lado está a verdade? Perguntas que se impõem para respostas que ainda não podem ser oferecidas, até que investigações rigorosas determinem o que de fato ocorreu na manhã de quarta-feira, 24, dentro da fazenda Santa Lúcia, onde dez pessoas - nove homens e uma mulher - foram mortas por agentes públicos.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

PM E CIVIL DO PARÁ MATAM 10 DURANTE DESOCUPAÇÃO DE FAZENDA

 

Corpos em viaturas, armas, etc. Essas mortes serão investigadas


Nove homens e uma mulher foram mortos por policiais militares e civis do Pará na manhã desta quarta-feira durante o cumprimento de uma liminar de reintegração de posse a favor do proprietário da fazenda Santa Lúcia, localizada a 60 km do município de Pau D' Arco, no sudeste do Pará. Segundo a versão policial, as vítimas estavam armadas e teriam reagido a tiros contra a desocupação.

O PAU QUEBRA EM BRASÍLIA E TEMER CHAMA AS FORÇAS ARMADAS



 
Manifestantes incendiaram prédios e entraram em choque com a polícia


Todos os ministérios do governo federal liberaram os servidores e funcionários na tarde desta quarta-feira após vários prédios serem depredados por manifestantes que pedem a saída do presidente Michel Temer e protestam contra as reformas da Previdência e trabalhista. Os manifestantes quebraram vidros, picharam e invadiram os prédios na Esplanada. 

SERVIÇO DE CIRURGIA DO HOSPITAL "BARROS BARRETO" COMEMORA 25 ANOS

Oito cirurgias diárias e seis no final de semana. É o trabalho no BB
Parte da equipe que atua no Centro Cirúrgico do hospital

Residente Marcos, dr. Geraldo Ishak, ao fundo, e secretária Leila
Esta é uma notícia positiva que o Ver-o-Fato divulga com alegria, sem cair no oba-oba, mas na tentativa de fazer justiça. O blogue, porém, gostaria muito que, em seus 25 anos de implantação do serviço de cirurgia, o "Hospital Barros Barreto" reunisse todas as condições necessárias para uma comemoração na medida exata de seu merecimento. 

MINISTRO MEIRELLES, EMPREGADO DA JBS? EDMILSON QUER SABER E O CONVOCA

Henrique Meirelles: gente do esquema da JBS?
Possível indicação dos aliados de Temer às eleições indiretas para presidência da República, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, deve ser convocado pela Comissão de Finanças e Tributação para prestar esclarecimentos sobre sua atuação no grupo empresarial J&F Participações, holding proprietária do grupo JBS, entre 2012 e 2016. 

terça-feira, 23 de maio de 2017

SEIS BAIRROS O DIA INTEIRO SEM ÁGUA EM BELÉM: E A FALECIDA COSANPA, HEIN?

A Cosanpa estrebucha em seu caixão, e os consumidores penam em seis bairros sem água
 

Desde a madrugada de ontem, não cai uma miserável gota d'água das torneiras dos 300 mil moradores dos bairros do Marco,  Souza, Cuiró-Utinga, Canudos, Fátima e São Brás. 

A falecida Cosanpa informou, por meio de um ectoplasma, que os prejuízos causados aos consumidores decorrem da queda de uma árvore no Parque Ambiental do Utinga.

PROMOTOR MANDA PREFEITO DE CAPANEMA DEMITIR PARENTES DE AGENTES PÚBLICOS


Em ação de combate ao nepotismo, o promotor de justiça Nadilson Portilho Gomes, titular da promotoria de Capanema, expediu recomendação para que o prefeito municipal Francisco Ferreira Freitas Neto exonere imediatamente da prefeitura todos os parentes, até o terceiro grau, de membros do Executivo municipal ou de servidores investidos em cargos de direção, chefia ou assessoramento, que ocupem cargos de provimento em comissão ou funções gratificadas em órgãos da administração direta e indireta do município.

JBS DOOU R$ 500 MIL A JATENE; VEJA A RESPOSTA DO GOVERNADOR


Documentos entregues por executivos da empresa J&F, controladora do frigorífico JBS, mostram que a empresa teria feito doações ao PSDB do Pará nas eleições 2014 para financiar a campanha do governador reeleito, Simão Jatene (veja vídeo acima).


https://www.facebook.com/radionet.assistencia/
Segundo o PSDB, a empresa JBS S/A doou para a executiva estadual do partido a quantia de R$ 500 mil de forma legal e devidamente registrada na prestação de contas da campanha 2014, conforme manda a lei eleitoral.

A DESFAÇATEZ DOS AGENTES DO ATRASO

Francisco Sidou - jornalista

Com a desculpa de que já existe outra lei "vigente ", os "nobres" vereadores de Belém, por 18 votos a 3, rejeitaram projeto de lei do "dr. Chiquinho" que obrigava as empresas concessionárias do transporte coletivo a instalar ar condicionado em toda a frota da capital. Com a reação justificadamente raivosa da população, que em má hora os elegeu, os "nobres" vereadores se apressaram em esclarecer que não são contra essa "melhoria", mas apenas estão "preocupados" com um possível novo aumento das tarifas e com a "quebra" de algumas empresas concessionárias do serviço... 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

DELATOR DA JBS INCRIMINA JADER E HELDER; SENADOR REBATE E FAZ DESAFIO



O executivo Ricardo Saud, um dos diretores da empresa J&F, que é controladora do frigorífico JBS, disse que a empresa pagou R$ 35 milhões em propina para comprar o apoio de senadores do PMDB para a eleição de Dilma Roussef em 2014. Entre os citados está o senador Jader Barbalho, do PMDB do Pará. A matéria é da TV Liberal, que exibe o vídeo acima com as declarações do delator.

TEMER AFUNDA AINDA MAIS EM ENTREVISTA AO JORNAL "FOLHA DE SÃO PAULO"



Enfrentando a mais grave crise de seu governo, o presidente Michel Temer (PMDB) diz que renunciar seria uma admissão de culpa e desafia seus opositores: "Se quiserem, me derrubem".

VOCÊ COMERIA ESSE QUEIJO?

O queijo era de Abel Figueiredo e iria para uma pizzaria de Castanhal

Na manhã desta segunda-feira, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Ipixuna do Pará apreenderam aproximadamente 300 quilos de queijo tipo “mussarela” de procedência duvidosa, transportado de forma irregular e sem nota fiscal. 

A carga avaliada em R$ 6 mil reais  seria entregue em uma pizzaria localizada na cidade de Castanhal. O veículo  foi abordado no quilômetro 229 da rodovia BR-010 e durante a fiscalização os agentes da PRF encontraram 300 quilos de queijo mussarela.

ANISTIA INTERNACIONAL LANÇA EM BELÉM CAMPANHA "JOVEM NEGRO VIVO"




Nesta terça-feira, a partir das 18 horas, no auditório da Universidade Estadual do Pará (UEPA), a Anistia Internacional promove um debate, lançando em Belém a campanha “Jovem Negro Vivo” (veja o vídeo, acima). Trata-se, na verdade, de uma parceria da Anistia Internacional com organizações locais como a Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (SDDH), Cedeca/Emaús, Cedenpa, Dhavida e Unipop. 

O ASSALTO À YAMADA

Riozo Yamada - comerciante

"Hoje vou falar da violência que a cada dia chega mais perto de nós. 

Vivemos atualmente como se estivéssemos na fila, aguardando um bandido nos atacar e torcendo para que o dano seja o menor possível, nos permitindo retornar inteiros fisicamente para casa.

domingo, 21 de maio de 2017

O PENDRIVE QUE GRAVOU TEMER


Eis o gravador - na verdade, um pendrive que grava e reproduz áudio - usado pelo empresário Joesley Batista para gravar o encontro com o presidente Michel Temer. Não há nada de sofisticado no equipamento. 

EI, SENADOR FLEXA RIBEIRO, EXPLICA ESTA AQUI; MAS SEM PAVULAGEM

Abuso de autoridade: telefonema a Flexa.
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes foi flagrado em um grampo telefônico — autorizado pelo próprio Supremo — prometendo ajuda ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) para aprovar o projeto de lei que define o crime do abuso de autoridade.

OS SALVADORES DA PÁTRIA, OU ROUBARAM ATÉ A LUZ DO FIM DO TÚNEL



Do jeito que vai o país, não estranhem se vier a chapa da salvação nacional, com Joesley Batista para presidente e Marcelo Odebrecht, para vice.

Lembrem-se que em eleição indireta, quem decide é o Congresso Nacional. 

Ou seja, que já foi comprado pela JBS e Odebrecht.

Ah, e ainda tem o Eike Batista, querendo ser ministro da Fazenda.



https://www.facebook.com/radionet.assistencia/
Se for eleição direta, nunca esqueçam, tem o Lula como candidato, apoiado pelo PT (lógico), CUT e outras impolutas centrais sindicais, com o MST de troco.

E Bolsonaro, que recebeu R$ 200 mil da JBS, dando tiros e tapas por todos os lados, com um galão de gasolina para apagar incêndios. 

Na direta, Fernandinho Beira-Mar e Marcola devem decidir num duelo quem será o vice.

Eita Brasil paidégua

A DANÇA DA CORRUPÇÃO: POR R$ 1,4 BILHÃO, JBS COMPROU 28 PARTIDOS E 1.829 CANDIDATOS




Joesley Batista, com a mulher, Ticiana: eles dançam e o Brasil afunda
 
A JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, afirmou ter entregue R$ 1,4 bilhão em propinas nos 42 anexos de seu acordo de delação premiada. Os valores nominais de 214 pagamentos constam dos depoimentos e planilhas apresentados pelos delatores envolvendo 28 partidos. Em valores, o grupo concorre com a Odebrecht, cuja delação listou R$ 1,68 bilhão em repasses para 26 partidos. 

sábado, 20 de maio de 2017

"TONICO DOIDO", EX-PREFEITO DE PACAJÁ, É PRESO POR DESVIO DE VERBAS PÚBLICAS





O ex-prefeito de Pacajá, Antônio Mares Pereira, conhecido por "Tonico Doido", (veja os vídeos acima), foi preso na manhã deste sábado (20) durante operação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) para cumprimento de mandado judicial de busca, apreensão e prisão. Ele é acusado de praticar diversos crimes à época em que estava à frente da gestão municipal, como desvio de bens e de recursos públicos e formação de quadrilha.

TEMER DIZ QUE GRAVAÇÃO FOI EDITADA, PEDE PERÍCIA, ACUSA EMPRESÁRIO E QUER SUSPENDER INQUÉRITO CONTRA ELE


O presidente Michel Temer fez um pronunciamento em rede nacional que durou pouco mais de três minutos. Foi a segunda vez que Temer falou depois da crise política instalada no país com as denúncias dos delatores da JBS. A tese da sua defesa é a de que o áudio da conversa entre ele e o empresário Joesley Batista foi  editado. Peritos afirmam ter identificado cortes na gravação.

FORA, TODOS !



Em vez de memória seletiva, que tal aplicarmos, para o momento crucial que vivemos, a memória coletiva? Afinal, temos atores políticos mais talhados para participar de filmes sobre máfias e assaltos a cofres públicos, do que governantes preocupados em aplicar corretamente os impostos pagos por todos nós em benefício do povo.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

PT COMPROU COM PROPINA APOIO DE JADER A DILMA, DIZ EXECUTIVO DA JBS



No relato do executivo do Grupo JBS, Ricardo Saud, o senador paraense Jader Barbalho (PMDB) vendeu seu apoio a Dilma, na eleição de 2014, em troca de propina que o grupo deu para o PT, no valor de R$ 35 milhões, somente para "comprar senadores". Jader ameaçava apoiar Aécio Neves se não pagasse o que queria.

JBS DOOU 4,4 MILHÕES A MINISTROS DE TEMER; SÓ HELDER, LEVOU R$ 2,1 MILHÕES

Da coluna Radar, de "Veja", hoje:

"A JBS doou aproximadamente 4,4 milhões de reais para os ministros de Temer nas últimas eleições. Só Aécio teria pedido R$ 2 milhões de propina e Cunha receberia R$ 500 mil por semana ao longo de 20 anos. Não é pouco.

https://www.facebook.com/radionet.assistencia/
Helder Barbalho (Integração) recebeu R$ 2,1 mi, Ricardo Barros (Saúde) R$ 1,2 mi, Mauricio Quintella (Transportes) R$ 450 mil, Marx Beltrão (Turismo) R$ 236 mil, Osmar Serraglio (Justiça) R$ 200 mil.

Osmar Terra (Desenvolvimento Social) R$ 200 mil e Ronaldo Nogueira (Planejamento) R$ 130 mil em 2014. Apenas Blairo Maggi (Agricultura) R$ 12,9 mil em 2010."

PROMOTORAS E MEDRADO ESTOURAM MARACUTAIA NA PREFEITURA DE REDENÇÃO

Documentos e R$ 184 mil foram apreendidos pela equipe de investigação


O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) deflagrou, na manhã desta 6ª feira (19), operação de busca e apreensão na residência da secretária de obras de Redenção como parte de um processo que investiga a prática de improbidade administrativa na administração municipal. No local, foram apreendidos R$ 184 mil.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

JBS MANTINHA CONTA NA SUIÇA COM R$ 300 MILHÕES EM PROPINA DO PT

Joesley: "Lula e Dilma dividiam propina".
A JBS depositou cerca de R$ 300 milhões em propina devida ao PT numa conta secreta controlada por Joesley Batista na Suíça, cuja empresa de fachada, titular oficial da conta, era sediada no Panamá. A informação é do jornalista Diogo Escotesguy, da revista Época e foi publicada nesta noite de quinta-feira.

"POLÍTICOS CONTINUAM A USAR PARTIDOS PARA CRIMES CONTRA O ESTADO", DIZ JANOT

O procurador-geral vê crimes reiterados
O procurador-geral da República Rodrigo Janot declarou nesta quinta-feira, 18, que a Operação Patmos – desdobramento da Lava Jato que pegou o senador Aécio Neves (PSDB) – revela que ‘alguns políticos’ continuam usando estrutura partidária e o cargo para crimes em prejuízo do Estado e da sociedade’.

A GRAVAÇÃO QUE INCRIMINA MICHEL TEMER



O Supremo Tribunal Federal divulgou na noite desta quinta-feira (18) o áudio do presidente Michel Temer conversando com Joesley Batista, dono da JBS. O arquivo de áudio tem duração de 39 minutos com conversas entre os dois. O áudio também foi enviado para a Presidência da República. 

IMAGENS MOSTRAM ENTREGA DE DINHEIRO A EMISSÁRIOS DE TEMER E AÉCIO




O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, divulgou nesta quinta-feira imagens feitas pela Polícia Federal das entregas de dinheiro do diretor de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud, a emissários do presidente Michel Temer e do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

INTERMEDIÁRIO DE TEMER OFERECEU A JOESLEY, DA JBS, NOMEAÇÕES NO CADE, CVM, RECEITA, BANCO CENTRAL E PFN

Rodrigo Rocha Loures, no papo gravado, complica ainda mais a vida de Temer

A coluna de Lauro Jardim, de "O Globo", acaba de divulgar novos detalhes sobre o encontro do presidente Michel Temer com o chefão do Grupo JBS, Joesley Batista. Coisas muitos graves, além do que já foi publicado, como uma conversa entre Joesley e o deputado Rodrigo Rocha Loures, assessor de Temer. Veja abaixo.

STF AFASTA AÉCIO NEVES DO SENADO E MANDA PRENDER IRMÃ DELE E PRIMO

O senador é acusado por dono da JBS de pedir a ele R$ 2 milhões


O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) sejam imediatamente afastados de seus mandatos parlamentares. A decisão de Fachin se assemelha à tomada pelo ministro Teori Zavascki em 2016, quando foi determinado o afastamento do então deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).